Páginas


quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Empresas de TV paga anunciam aliança de combate à pirataria

As operadora líderes da indústria de TV paga latino-americana unem forças para criar a Alianza Contra la Piratería de Televisión Paga (Aliança Contra a Pirataria da Televisão Paga), cuja missão é combater uma forma de pirataria conhecida na indústria como pirataria FTA - Free-to-Air.

A pirataria FTA envolve o uso ilegal de receptores de sinal de satélite "free-to-air" que decodificam o sinal audiovisual de televisão por assinatura, usados de maneira ilegal e sem autorização. A Alianza reúne as maiores empresas de TV por assinatura e cria um sistema de colaboração mais ampla da indústria na luta contra a pirataria FTA.

Embora não existam estatísticas formais, pesquisas realizadas pelas empresas indicam que a pirataria atinge 20% do mercado de TV por assinatura na região, com a pirataria FTA, que se constitui numa das principais formas de pirataria enfrentadas pela indústria televisiva. Desde 2010, mais de 50 marcas de decodificadores FTA pirateados apareceram no mercado latino americano. A pirataria FTA é comandada por fabricantes internacionais dos decodificadores FTA e pelas redes organizadas de distribuição e apoio ao uso dos aparelhos para propósitos não autorizados. A presença deles na América Latina é prejudicial aos consumidores e também aos profissionais da indústria, incluindo programadores, operadores, empresas que fornecem equipamentos e serviços para programadoras de TV por assinatura e operadoras na região.

Os objetivos da Alianza são:

• Monitorar e investigar a pirataria FTA;
• Conduzir amplo treinamento com reguladores e autoridades de repressão à pirataria;
• Apoio às ações de combate contra piratas FTA;
• Aumentar a informação ao público sobre a pirataria FTA; e
• Colaborar e apoiar as iniciativas anti FTA realizadas por associações de TV por assinatura de cada país como a Associação Brasileira de Televisão por Assinatura.

Entre os atuais apoiadores da Alianza, estão:

Operadoras:

DIRECTV PanAmericana, SKY Brasil, Telefônica|Vivo, VTR, Claro Peru, Claro Ecuador, Claro Colombia e Claro Chile.

Emissoras:

Discovery, ESPN, Canais Latino Americanos da Fox International, GloboSat, Grupo Latino Americano da HBO, Telecine, Televisa, Turner Broadcasting System Latin América, e Win Sports.

Outros:

ABTA, Media Networks Latin America, NAGRA.

A expansão da Alianza se deve a uma colaboração entre a DIRECTV e NAGRA, um provedor de segurança e soluções digitais de mídia, que uniram forças em 2010 para alavancar o conhecimento mútuo e pessoal especializado antipirataria para combater a pirataria FTA na América do Sul.

Michael Hartman, Vice-Presidente Sênior de Assuntos Legais e Regulamentação da DIRECTV da América Latina, disse: "Numa demonstração de solidariedade, a Alianza representa um novo modelo de colaboração em TV por assinatura, que visa combater uma séria ameaça, tanto à indústria como aos assinantes de TV por assinatura em toda a região. Estamos animados em fazer parte desta iniciativa."

A criação da Alianza é um importante marco para a indústria de TV por assinatura na América Latina. Estamos orgulhosos de que a colaboração que começou há poucos anos com a DIRECTV evoluiu para um esforço de toda a indústria. Acreditamos que ao alavancar tanto nossa tecnologia como várias ferramentas antipirataria, poderemos acionar um plano forte com objetivos concretos e possíveis de serem alcançados para efetivamente liderar a luta contra a pirataria", afirmou Pascal Metral, Chefe de Inteligência e Operações Antipirataria da NAGRA.

A Alianza acaba de lançar um novo site onde o grupo irá fornecer informações atualizadas e resultados do progresso feito na região. Para mais informações, você pode dar uma olhadinha por lá. E claro, sempre manteremos você bem informando aqui pelo portal em relação ao assunto.