30/05/2024

Serviço de internet da Starlink está operando sem gerar lucros, diz agência

SpaceX pode estar ‘manipulando’ dados financeiros para colocar a empresa em melhores condições diante de acionistas e investidores.

Em meio a incerteza quanto a operação da Starlink no Brasil, surge a informação de que a empresa de internet via satélite de Elon Musk ainda está operando com prejuízo. De acordo com fontes que não se identificam por se tratarem de informações privadas, a contabilidade da empresa não é lucrativa com base em uma base operacional e contínua.

Foto: Unsplash

Essas pessoas afirmam que os trimestres lucrativos da Starlink têm sido menos consistentes do que Musk sugeriu aos investidores quando comemorou ter alcançado “ponto de equilíbrio no fluxo de caixa” em uma postagem no ano passado no X (ex-Twitter).

Ainda de acordo com as fontes ao Bloomberg, a SpaceX pode estar burlando os números para colocar a companhia em melhores condições diante de acionistas e possíveis investidores, afirmando que a Starlink ainda gasta mais dinheiro do que arrecada.

A SpaceX é uma empresa de capital fechado, não sendo assim obrigada a divulgar seus dados financeiros publicamente. Com isso, a empresa pode ter excluído dados de custos de envios de satélites para o espaço para fazer seu balanço financeiro parecer mais atraente para os investidores. O que significa que muitas vezes podem manipular seus números durante a captação de recursos, enquanto buscam financiamento e continuam operando, mesmo com prejuízos.

Mesmo a Starlink apostando nos lançamentos de satélite, a empresa não está operando com lucro, de acordo com a fonte. O que contraria a declaração do bilionário, que declarou ano passado que a SpaceX estava com fluxo de caixa sem prejuízo.

No mês passado, ao ser questionado sobre os comentários de Elon Musk, o CFO (diretor financeiro) da SpaceX, Bret Johnsen, disse: “Não sei se quero quantificar esses números, mas estamos com fluxo de caixa positivo e em território lucrativo para nosso negócio de satélites agora”.

Atualmente, a Starlink conta com cerca de 5,6 mil equipamentos ativos que oferecem internet em grande parte do mundo – inclusive no Brasil, atendendo mais de 2,6 milhões de clientes.

FonteFolha

17 COMENTÁRIOS

Se inscrever
Notificar de
guest
17 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários