Início5GAntes do leilão 5G, operadoras realizam demonstrações no espectro de 3,5 GHz

Antes do leilão 5G, operadoras realizam demonstrações no espectro de 3,5 GHz

Frequência abarca a maior faixa contínua de MHz, o que garante ainda mais velocidade no tráfego de dados.

Logotipos da Vivo, Claro, Oi e TIM.
Imagem ilustrativa.

Com a proximidade do leilão do 5G, que deve acontecer entre junho e agosto, as operadoras já começaram a se movimentar para fazer testes e demonstrações das aplicações do 5G no espectro de 3,5 GHz.

O uso dessa frequência específica é importante porque ela traz a maior faixa contínua de MHz para uso da tecnologia, o que deve resultar em maior velocidade no tráfego de dados.

Um exemplo dessa movimentação das operadoras, foi o teste realizado pela TIM em seu laboratório, no Rio de Janeiro, onde a operadora alcança a marca de 1,8 Gbps de transmissão.

Agora, a operadora deve realizar sua próxima demonstração à Presidência da República, nos próximos dias, utilizando a faixa de 3,5 GHz.


Isso deve acontecer no dia 5 de maio, no entanto, a TIM tem autorização para fazer uso da faixa, em caráter demonstrativo no Palácio da Alvorada, até junho deste ano. A licença foi concedida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

VIU ISSO?

–> Anatel libera início dos primeiros testes do 5G na indústria

–> Qual foi a velocidade registrada pelo 5G nos últimos testes?

–> TIM seleciona Ceragon para a realização de testes de 5G Open RAN

A Vivo e a Claro também conseguiram licenças da Anatel, nesta semana, para realizarem testes, entre abril e maio, utilizando 100 MHz da faixa de 3,5 GHz.

A autorização da Vivo, concedida no dia 31 de março, é válida até o dia 29 de maio, para testar o 5G usando 100 MHz na subfaixa de 3,45 GHz.

Desse modo, a operadora deve avaliar equipamentos de acesso móvel, aferição de taxas de pico (download e upload), além de testes de handover, ou seja, a transição do sinal 4G para o 5G e vice-versa.

Já a Claro vai cobrir o autódromo Internacional Ayrton Senna, localizado na cidade de Goiânia (GO), entre os dias 20 de abril e 20 de maio, durante a Stock Car, utilizando 100 MHz na subfaixa de 3,45 GHz, para fazer cobertura outdoor, com radiação restrita.

A empresa irá utilizar uma estação radiobase e fazer uma demonstração de conectividade 5G em terminais da Qualcomm, com ênfase na velocidade da tecnologia.

Com informações de Telesíntese.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários