Qual foi a velocidade registrada pelo 5G nos últimos testes?

Download de um filme com quase duas horas foi concluído em 8,2 segundos. Conectividade de quinta geração impressiona, mas enfrenta instabilidades.

Imagem: VisualHunt

As portas estão abertas e o 5G é mais que bem-vindo. Só se fala da novidade nos últimos dias e o mundo se prepara cada vez mais para recebe-la. Não é por menos, os resultados impressionam, de acordo com os testes de velocidade do Cnet.

O portal esteve nas exibições realizados em Chicago, Los Angeles, Dallas, Londres e Sydney para medir o desempenho da conexão. Em LA, a AT & T atingiu se provou como a mais veloz. O download foi acima de 1,4 Gbps. Logo atrás, a Verizon registrou um pico de 1,3 Gbps e muitos resultados acima de 1 Gbps em Chicago.


Em Dallas, Sidney e Londres é utilizado um espectro de banda média para atingir velocidades de 400 a 500 Mbps. Duas os quatro vezes mais rápidas do que o 4G ou conexão de Wi-Fi residencial.

VIU ISSO?
– Executivo da Vivo afirma: 5G necessita de antenas cinco vezes maior
– A tecnologia 5G oferece riscos para a nossa saúde? Entenda
– MCTIC começa a definir estratégia para o 5G no Brasil

São resultados que impressionam, mas o 5G ainda tem pouquíssimos usuários. Com o aumento da quantidade de usuários, as frequências poderão sobrecarregar e ainda não se sabe como as operadoras vão resolver isso.

Na realização dos testes, jornalistas utilizaram aplicativos de streaming como Netflix e Amazon, jogos da Google Play, além de outras funcionalidades que exigem muito da internet.

O PUBG Mobile, por exemplo, levou apenas 2 minutos e 30 segundos no download, contra os 6 minutos do 4G. Um filme de quase duras horas foi baixado em 8,2 segundos. Resultados que merecem destaque.

Entretanto, durante os testes, jornalistas também viram o 5G ter problemas. Parou, atrasou, recuou e técnicos se esforçaram para manter a rede em funcionamento.

As velocidades são impressionantes, mas o Cnet destaca que, em escala global, a tecnologia ainda representa poder político e domínio econômico.

Redes 5G são disponibilizadas em pontos turísticos de cidades e bairros. As pessoas são convidadas para um local e a promessa de uma experiência incrível com a conexão é feita. Entretanto, basta se posicionar no lugar errado para começar a ter problemas.

Assim como em qualquer outro lugar no mundo, as operadoras estão na corrida pelo 5G estável e algumas em posições mais favoráveis do que as outras.

Com informações do Olhar Digital e Cnet

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.

Deixe um comentário

avatar
  Cadastre-se  
Notificação de