Anatel libera início dos primeiros testes do 5G na indústria

Convênio permite experimentar a tecnologia e serve de norte para a regulação de redes privadas.

Enquanto o leilão do 5G ainda não ocorre, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) está permitindo que a indústria brasileira comece os primeiros testes da rede móvel de nova geração.

Nesta quinta-feira, 12, a Anatel assina um convênio com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), que permite que o 5G possa ser testado pela indústria de forma privada e com alcance restrito, independentemente das licenças que serão negociadas no futuro leilão de frequências.


Os testes serão feitos pela Weg, fabricante de equipamentos elétricos.

A empresa experimentará aplicações industriais utilizando uma rede privativa 5G, avaliando o uso em duas faixas, uma abaixo de 6 GHz e outra entre 27,5 GHZ e 27,9 GHz. Um instituto independente fará as comparações.

VIU ISSO?

–> Convivência entre o 5G e TV por satélite é possível, diz Anatel

–> Microsoft entra no competitivo mercado 5G

–> Vice-presidente Mourão defende investimentos no 5G

Os testes seguirão padrões interacionais e ajudarão a Anatel a definir a regulamentação das futuras redes privadas 5G.

Os resultados devem ser divulgados já no primeiro trimestre de 2021.

Além da indústria, a ABDI pretende testar as redes privadas 5G no agronegócio e também em uma cidade, ainda a serem definidos.

Com informações de Valor Econômico.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários