Início5GBrisanet vai disputar leilão do 5G ao lado das ‘grandes’ teles

Brisanet vai disputar leilão do 5G ao lado das ‘grandes’ teles

Empresa mira a oferta de internet móvel para toda a sua base de clientes da fibra óptica; saiba os detalhes da nova empreitada da operadora.

Imagem: Campanha da Brisanet – Captura de tela do site

Após registrar um dos crescimentos mais expressivos do ano com a oferta de fibra óptica para o Nordeste, a Brisanet entrará na disputa pelo 5G. A empresa, inclusive, já está com a estratégia desenhada e tem a faixa de 3,5 GHz como objetivo. A ideia é passar a oferecer internet móvel aos mais de 750 mil clientes da banda larga. Atualmente, a empresa oferece serviços de telefonia móvel no formato MVNO, com as redes da Vivo.

Ao Minha Operadora, Roberto Nogueira já havia comentado a possibilidade de ter o 5G como um complemento da fibra óptica. Para o fundador da marca, será o combo perfeito com a conectividade que já é ofertada na região de atuação da companhia.


Por sinal, a participação no leilão é um grande passo para a Brisanet, que estará em processo de disputa com as grandes teles do país como Claro, Vivo e TIM. E para quem ainda não sabe, o processo não é arrecadatório, isso significa que as empresas participantes terão que pagar suas compras com investimentos na infraestrutura de telecomunicações do país.

A empresa sempre ambicionou cobrir o Nordeste de fibra óptica e comemorou grandes conquistas em 2021. Uma delas foi a entrada na Bolsa de Valores (BRIT3) com avaliação em R$ 6,3 bilhões.

VEJA TAMBÉM:

–> Em nova campanha, Oi Fibra alfineta Brisanet: ‘cuidado com essa Brisa’

–> Oi e Brisanet terão ‘duelo de titãs’ no mercado de fibra óptica; entenda

–> Oi expande rede de fibra óptica em mais uma cidade de Santa Catarina

A novidade, inclusive, levou Roberto Nogueira para a lista dos 40 novos bilionários do país. Outro modelo de negócio praticado pela empresa para dar um “start” no crescimento foram as franquias, com a Agility Telecom. Por ela, o franqueado consegue vender planos e ligar a internet fixa na casa do cliente.

O crescimento da empresa é visto como um obstáculo para a Oi Fibra, por exemplo, que investe pesado na sua operação de fibra óptica pelo país. Mas, recentemente, Rodrigo Abreu, CEO da operadora, descartou preocupações com concorrentes.

Nas palavras do executivo, a Oi conecta mais de 300 mil residências a cada trimestre. O que significa que a companhia forma a base de clientes da rival a cada sete meses.

Com informações de MoneyTimes e Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários