Nextel chega a 3 milhões de clientes e é a que mais cresce no móvel

COMPARTILHAR:

Apesar de lançar novidades, TIM perde mais de 400 mil clientes de abril para maio, enquanto Claro ganha 64 mil, Oi 38 mil e Vivo 27 mil.

Pela primeira vez desde que foi lançada, a Nextel chegou a 3 milhões de clientes em sua base de telefonia móvel. O número foi alcançado no mês de maio, quando, mais uma vez, a operadora registrou o maior crescimento entre as concorrentes, desta vez de +1,42% em relação ao mês de abril.

Os dados foram liberados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta sexta-feira (29), e mostram que Claro, Oi e Vivo também aumentaram sua base, enquanto a TIM foi a única das grandes operadoras a sofrer um grande número de desistência por parte dos clientes.










Em números totais, a operadora que conseguiu atrair mais assinantes para suas ofertas foi a Claro, que de abril para maio conquistou 64.520 clientes novos. Em seguida vem a Nextel (42.217), a Oi (38.344) e a Vivo (27.398), que volta a se recuperar depois da perda que registrou de março para abril.





O número foi negativo para a Algar Telecom, que mesmo com seu plano de dados ilimitados e tendo atraído quase 10 mil clientes novos no último mês, registrou uma perda de -881 linhas.






Mas a maior perda mesmo foi registrada pela TIM, que lançou um novo portfólio com conteúdos ilimitados para seus clientes pré, pós e controle logo no início de maio, mas ainda assim viu 438.132 clientes desistirem de seus chips e possivelmente mudarem de operadora.



Em números proporcionais, a Nextel foi a que mais cresceu no mês de maio, enquanto a TIM foi a que apresentou o pior desempenho. Veja o ranking:
  1. Nextel (+1,42%)
  2. Claro (+0,11%)
  3. Oi (+0,10%)
  4. Vivo (+0,03%)
  5. Algar Telecom (-0,06%)
  6. TIM (-0,76%)

Ano favorável para Nextel e Vivo

Vale destacar que, na comparação anual, ou seja, de maio de 2017 a maio de 2018, a Nextel aparece disparada como a operadora que mais cresceu no período. Além dela, que teve resultado 17% superior, apenas a Vivo registrou aumento na base total de um ano para outro, com +1,2%.
Todas as outras, sem exceção, registraram quedas na comparação anual: a Oi perdeu 7,5% de seus clientes, a TIM 6,4% e a Claro, com resultado um pouco mais leve, recuou a base em 1,9%.
LEIA TAMBÉM:
A Nextel Brasil de fato parece estar querendo chamar a atenção de novos clientes, trabalhando propagandas provocativas, exaltando sua ‘internet sem bloqueio’, seus planos Test Drive, que permitem o teste gratuito do chip Nextel por um mês e, recentemente, lançando o Nextel +Happy, um pré-pago com custo inferior a R$ 50, que dá direito a chamadas ilimitadas e 10GB de internet por mês. Por precisar de um convite para fazer parte do plano, que ainda está em uma fase de testes para poucos clientes, ele acaba se parecendo muito com o TIM beta.
Mas a operadora, que é controlada pela NII Holdings, está prestes a ser vendida. Pelo menos é o que deseja sua controladora, segundo fontes da Reuters. Como possível compradora aparece a Vivo, que, como vimos, fez ‘dupla’ com a Nextel em crescimento na base no período de 12 meses.
Em maio de 2018, o Brasil fechou o setor de telefonia móvel com 235.451.570 chips ativos. O número foi 0,10% inferior ao mês de abril e -2,75% em relação a maio de 2017. Nesse último ano, houve uma queda de 6 milhões, 666 mil, 607 linhas móveis.

Market share

Em market share, a Vivo continua líder absoluta em número de clientes, com 75 milhões (quase 32% do total). Ela é seguida pela Claro, que se distancia cada vez mais do terceiro lugar, que é da TIM. 
Para ter uma ideia, em maio de 2017, a TIM tinha 61 milhões de clientes, com 25,2% do total de assinantes móveis do país, enquanto a Claro ficava com 60 milhões (24,9%).
Depois de inverter sua posição no ranking em agosto do ano passado, a Claro agora tem os mesmos 25,2% de mercado que a TIM tinha há um ano (com 59 milhões de linhas ativas), mas a operadora da Telecom Italia caiu para 24,3% (57 milhões).
A Oi está, atualmente, com uma parcela de 16,5% do mercado de telefonia móvel (38,8 milhões) e a Algar Telecom com 0,5% (1,3 milhão).

A Nextel tem apenas 1,28%, mas não deixa de comemorar seu novo marco. Afinal, ela já havia alcançado 2 milhões de clientes em maio de 2015, mas somente agora, dois anos depois, ultrapassa os 3 milhões.

Veja também os números completos e quem se destacou em banda larga e TV por assinatura e TV por assinatura.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
36 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários