quinta-feira, 28 de junho de 2018

Nextel pode ser comprada pela Vivo, segundo a Reuters

O que você achou? 
NII Holdings quer tentar, mais uma vez, vender seu controle de 70% de participação na operadora brasileira.

A NII Holdings, dona da Nextel no Brasil - com 70% de participação -, contratou o grupo Rotschild para ajudá-la a vender seu controle da operadora brasileira de celular. Apesar de não sair nenhum comunicado oficial, duas fontes com conhecimento do assunto teriam confirmado a informação à Reuters.

De acordo com a apuração da agência internacional, a Vivo seria uma potencial interessada na compra, além da Access Industries, que já é dona de 30% da Nextel Brasil. As datas para a entrega de propostas e processos de venda ainda devem ser definidas.




Há um ano, em junho de 2017, a AINMT, uma empresa de telecom escandinava, representada pela marca Ice Group Scandinavia Holdings, anunciou que compraria a Nextel da NII por até US$ 200 milhões. Ela ficaria a princípio com 30% da companhia, e poderia elevar sua parcela para 60% em novembro.

Mas a participação de controle nas operações brasileiras pela Ice Group estava prevista para acontecer em duas etapas e, apesar do investimento inicial de US$ 50 milhões, na segunda etapa, que seria de US$ 150 milhões, a empresa desistiu. A Nextel, assim, perdeu o investimento que seria equivalente, hoje, a cerca de R$ 580 milhões.

LEIA TAMBÉM:

Apesar da Nextel ter uma boa representatividade no mercado de telefonia móvel, com 3 milhões de clientes, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) da companhia é próximo de zero, conforme disseram as fontes sobre o assunto.

Por outro lado, parece que a NII Holdings não tem tanta pressa para vender a Nextel Brasil como no ano passado, já que concluiu uma reestruturação de dívida para grandes bancos no valor superior a R$ 2,3 bilhões.

De toda forma, a NII deixou as operações latino-americanas nos últimos anos, como no Peru, Chile e México, com unidade vendida para a AT&T. Agora, só resta o Brasil.

De acordo com as análises, as outras operadoras brasileiras até podem se interessar pela Nextel, já que, com suas faixas de frequência, pode ajudá-las na redução de investimentos e melhora de serviços nos estados em que mais atua: São Paulo e Rio de Janeiro.

Ações da NII sobem

Uma curiosidade é que, após a notícia publicada pela Reuters, as ações da NII Holding tiveram alta de 14% nesta quinta-feira (28).


5 comentários:

  1. A AT&T bem que poderia comprar a Nextel e iniciar a sua expansão no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. A AT&T é muito melhor que o cartel da telefonia no Brasil. Se a MORTO comprar a Nextel, adeus internet sem limites para os clientes atuais da Nextel.

      Excluir
  2. Se a Vivo comprar vai ficar tudo uma porcaria.

    ResponderExcluir
  3. Mais isso não poderia, se a Telefônica comprou a Vivo e a GVT, isso não poderia ocorrer uma terceira vez certo? Mais esqueci que o governo só quer a granada dos impostos, piada.

    ResponderExcluir