quinta-feira, 28 de junho de 2018

Nextel pode ser comprada pela Vivo, segundo a Reuters

O que você achou? 
NII Holdings quer tentar, mais uma vez, vender seu controle de 70% de participação na operadora brasileira.

A NII Holdings, dona da Nextel no Brasil - com 70% de participação -, contratou o grupo Rotschild para ajudá-la a vender seu controle da operadora brasileira de celular. Apesar de não sair nenhum comunicado oficial, duas fontes com conhecimento do assunto teriam confirmado a informação à Reuters.

De acordo com a apuração da agência internacional, a Vivo seria uma potencial interessada na compra, além da Access Industries, que já é dona de 30% da Nextel Brasil. As datas para a entrega de propostas e processos de venda ainda devem ser definidas.




Há um ano, em junho de 2017, a AINMT, uma empresa de telecom escandinava, representada pela marca Ice Group Scandinavia Holdings, anunciou que compraria a Nextel da NII por até US$ 200 milhões. Ela ficaria a princípio com 30% da companhia, e poderia elevar sua parcela para 60% em novembro.

Mas a participação de controle nas operações brasileiras pela Ice Group estava prevista para acontecer em duas etapas e, apesar do investimento inicial de US$ 50 milhões, na segunda etapa, que seria de US$ 150 milhões, a empresa desistiu. A Nextel, assim, perdeu o investimento que seria equivalente, hoje, a cerca de R$ 580 milhões.

LEIA TAMBÉM:

Apesar da Nextel ter uma boa representatividade no mercado de telefonia móvel, com 3 milhões de clientes, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA) da companhia é próximo de zero, conforme disseram as fontes sobre o assunto.

Por outro lado, parece que a NII Holdings não tem tanta pressa para vender a Nextel Brasil como no ano passado, já que concluiu uma reestruturação de dívida para grandes bancos no valor superior a R$ 2,3 bilhões.

De toda forma, a NII deixou as operações latino-americanas nos últimos anos, como no Peru, Chile e México, com unidade vendida para a AT&T. Agora, só resta o Brasil.

De acordo com as análises, as outras operadoras brasileiras até podem se interessar pela Nextel, já que, com suas faixas de frequência, pode ajudá-las na redução de investimentos e melhora de serviços nos estados em que mais atua: São Paulo e Rio de Janeiro.

Ações da NII sobem

Uma curiosidade é que, após a notícia publicada pela Reuters, as ações da NII Holding tiveram alta de 14% nesta quinta-feira (28).


6 comentários:

  1. A AT&T bem que poderia comprar a Nextel e iniciar a sua expansão no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. A AT&T é muito melhor que o cartel da telefonia no Brasil. Se a MORTO comprar a Nextel, adeus internet sem limites para os clientes atuais da Nextel.

      Excluir
  2. Se a Vivo comprar vai ficar tudo uma porcaria.

    ResponderExcluir
  3. Mais isso não poderia, se a Telefônica comprou a Vivo e a GVT, isso não poderia ocorrer uma terceira vez certo? Mais esqueci que o governo só quer a granada dos impostos, piada.

    ResponderExcluir
  4. Se isso acontecer como fica nos que já somos clientes da Nextel alguém me tira essa dúvida saberia me dizer se perderíamos nossos planos de o nome Nextel deixaria de existir como fica nos alguém sabe explicar quando acontece isso numa emprrse tão grande assim

    ResponderExcluir