domingo, 17 de junho de 2018

Fim do rádio da Nextel? Recomeço e planos atrativos para a classe C

O que você achou? 

Operadora pretende focar em seu maior público e oferecer planos com pouca diferença de preço e boa internet 3G e 4G.

A Nextel acaba de desligar seus serviços de rádio iDEN e, com isso, decidiu repensar sua estratégia em telefonia móvel no Brasil. Quinta maior operadora do setor, com quase 3 milhões de clientes, a Nextel afirmou que seu público principal é a classe C, e que as ofertas com preço acessível e 3G e 4G de qualidade são suas promessas para esses consumidores.

Em uma coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (15), o presidente da companhia, Roberto Rittes, contou que, por carregar atributos do iDEN, a Nextel sempre teve mais clientes da classe C, apesar de também ter alcançado as classes A e B. “Resolvemos atuar mais em nicho, abraçar esse pedaço gigante da população que gosta da gente. Paramos de atirar para todos os lados”, disse Rittes.





A ideia é oferecer planos simples, com ligações ilimitadas e internet sem bloqueio, mesmo que haja uma diminuição na velocidade. Os preços devem partir de R$ 50 e não devem variar tanto, como algumas concorrentes fazem.

LEIA TAMBÉM:

Ainda de acordo com o presidente da Nextel, a oferta de muitos planos, com preços totalmente diferentes, é um erro que a operadora não quer cometer. O limite, segundo ele, deveria ser em torno de R$ 100.

A empresa pretende continuar crescendo sua base, mas também garantir sua estrutura e estabilidade financeira. Por isso a estratégia de delimitar um público-alvo e simplificar as ofertas de planos controle e pós-pago, todos ilimitados, apenas variando de acordo com a franquia de dados. 

Por fim, a operadora contou que o pré-pago Nextel Happy pode sofrer algum relançamento nas próximas semanas, uma vez que não agradou como a empresa gostaria. Quanto aos serviços de valor adicionado (SVA), a Nextel também garantiu que seleciona bem as opções, se preocupando ainda com a forma com que o cliente assina o serviço, que deveria ser sempre transparente.


14 comentários:

  1. TA CERTO O PRESIDENTE DA NEXTEL EM NAO TER PLANOS MUITOS CAROS POIS MUITA GENTE NEM ASSINA OS MAIS ASSINADOS E OS DE 100 REAIS PRA BAIXO

    ResponderExcluir
  2. Tenho Nextel Happy na capital de São Paulo funciona muito bem, o problema que hoje estou no interior, a Nextel usa a rede da Vivo, claro que a Vivo não entrega para a Nextel o serviço que ela passa para os clientes dela, mas torço que a Nextel invista na sua rede e fique livre da Vivo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Usei esse plano happy por um mês pra fazer um teste nos bairros nobres funciona fora deles nem pra mandar mensagem do WhatsApp, me parece que onde não tem sinal ela usa o 3g da vivo, achei péssimo.

      Excluir
    2. eu também tenho uma linha happy, alias, portei meu tim beta para a nextel. gosto do serviço.
      há problemas, como em todas as outras operadoras, no entanto, (pra mim) é a mais vantajosa!

      Excluir
  3. Tem que ter planos para toda classe social.

    ResponderExcluir
  4. A Nextel nunca esteve preocupada com a classe pobre que usa Pré Pago...sempre focou seus planos no Pós Pago...pobre não e com ela...a não ser trabalhador de boca de fumo que adoram o radio nextel e agora o prip.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário infeliz esse seu. Não é só bandido que usa rádio, na área de logística e transportes se usa muito. Aliás eu utilizo bastante não só para trabalhar mas para me comunicar com meus pais.
      PS: isso chrira a comentário de gente que gostaria de poder pagar pelo serviço e não pode.

      Excluir
  5. Nextel pode até compensar para quem está no eixo RJ x SP. Fora isso, não vejo vantagem (mesmo utilizando a rede da Vivo). Aqui em MG até tem rede própria Nextel, mas em meros 3G e de cobertura bem restrita. Uma operadora bem restrita.

    ResponderExcluir
  6. Que venha para cep55540000 é que coloque suas erbs em locais diferentes das outras pra poder ter cobertura em lugares onde as outras não têm para assim poder alcançar outros públicos

    ResponderExcluir
  7. Cobertura Lixo! Já usei e não recomendo jamais!

    ResponderExcluir
  8. Cobertura própria limitada ao Rio e Sp. Nos demais estados utiliza somente a rede 3G da Vivo uma vez que não tem acordo para o 4G. E a velocidade e franquia são reduzidas na rede da Vivo. Para quem viaja muito é uma péssima operadora. Até a Oi é melhor neste sentido (Roaming).

    ResponderExcluir
  9. A Nextel nunca foi uma operadora mais voltada para o público da Classe C. Quem conhece um pouco de telefonia sabe muito bem que Nextel era operadora pra quem dinheiro, empresários etc.. Essa empresa nunca ligou muito para o povão, como agora eles só têm dinheiro reserva em caixa para mais 1 ano somente, eles resolveram lembrar dos pobres. Conversa pra boi dormir que seu público na maioria sempre foi da Classe C. Conta outra Nextel, não tem muito o que fazer, por isso essa mudança de estratégia, ou vai quebrar em pouco tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só complementando.. alguns anos atrás na época em que os rádios da Nextel estava em alta, muitos trabalhadores utilizavam a Nextel, mas a maioria eram fornecidos pelas suas empresas, pagos por seus patrões. Em alguns casos, algumas empresas cobravam de seus funcionários caso ele optasse por ter franquia de ligações para uso particular. Mas sempre foi através das empresas.

      Excluir
  10. Bom essa estratégia então está dando certo pois o Nextel+happy está sendo um plano super procurado ,lógico que a empresa demorou pra investir mais pra classe c um pré pago e ter planos assim como as outras e assim mesmo quando corre o risco de quebrar aí lembra do público mais fraco sabem que ela quase quebrou assim como a Oi que realmente entrou em falência eu tenho o plano Nextel+happy e otimo

    ResponderExcluir