Claro/NET recebe advertência do Conar

Decisão da entidade ocorreu após denúncia de consumidor contra propaganda sobre sinal aberto de Telecine.


A Claro/NET recebeu advertência do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) após consumidor receber informação de que a gratuidade de acesso aos canais Telecine ofertada pela operadora estava condicionada à aquisição de um novo pacote de serviço.


Segundo o Conar, um consumidor de Sete Lagoas (MG) enviou e-mail ao órgão questionando o anúncio em TV e redes sociais da Claro/NET divulgando gratuidade de acesso aos canais Telecine.



Ao procurar mais informações sobre a oferta, o consumidor foi informado que ela estava condicionada à aquisição de um novo pacote de serviços.

As anunciantes negaram, em defesas separadas enviadas ao Conar, as razões da denúncia, afirmando que o serviço estava gratuito, não havendo qualquer condição.


VIU ISSO?


Ambas empresas especularam que possa ter havido algum erro pontual no atendimento telefônico ao consumidor.

A relatora de primeira instância propôs a advertência ao Telecine e à Claro/NET. Mesmo dando a elas o crédito de boa-fé, confessou achar estranha a ausência de qualquer explicação ou investigação do ocorrido. Seu voto foi aceito por unanimidade.

O Telecine recorreu da decisão, reafirmando seus argumentos iniciais, inclusive que não era responsável pelo atendimento ao consumidor, sendo este papel reservado à Claro/NET.

A relatora da segunda instância acolheu estes e outros argumentos do Telecine. Por isso, propôs a reforma parcial da decisão, isentando o Telecine da responsabilidade. Seu voto foi aceito por unanimidade.

1 Comentário

  1. A NET me ligou oferecendo o dobro da internet e pagando 10 reais a menos no total da fatura, ativaram o novo serviço conforme combinado, porém, na fatura seguinte o valor, em vez dos R$ 10,00 a menos, veio com um valor absurdo, então, reclamei e eles simplesmente me falaram que não tinha nada dessa promoção e simplesmente voltaram para o pacote anterior =/

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*