InícioTV por AssinaturaNetflix está sendo processada na Coreia do Sul

Netflix está sendo processada na Coreia do Sul

Sucesso de série transmitida pela Netflix na Coreia do Sul tem provocado ações judiciais contra a plataforma; saiba qual o motivo.

Recentemente a Netflix lançou a polêmica série coreana “Round 6” (Squid Game). Rapidamente a produção virou uma febre na plataforma vermelhinha, mas está causando problemas para o serviço de streaming na Coreia do Sul.

Acontece que a SK Broadband, uma das principais operadoras de telecomunicações do país, abriu processo contra a plataforma por estar causando grande geração de tráfego de internet no país asiatico. 


A operadora SK Broadband quer que a Netflix pague pelo aumento que houve no tráfego da internet devido a grande popularidade da série  “Round 6”.  O caso da “Round 6” é recente, mas os problemas entre a operadora e a Netflix vem acontecendo há algum tempo.

Em 2020, a plataforma vermelhinha entrou na justiça contra a operadora sul-coreana, pois a mesma se recusava a pagar pelos pacotes de rede, argumentando que é dever da plataforma criar conteúdo e torná-lo acessível.

LEIA TAMBÉM:

–> Netflix lança videogames no streaming e compra estúdio de jogos

–> Netflix amplia bloqueio de usuários de serviços VPN

–> Netflix começou a oferecer jogos eletrônicos para assinantes

No caso, a SK Broadband ganhou a ação, onde a Corte Distrital da Coreia do Sul determinou que a Netflix deveria “obrigatoriamente pagar em retorno”, pelos serviços da operadora. A empresa norte-americana recorreu do caso e a ação passará por um novo julgamento marcado para dezembro deste ano.

Segundo informa a SK Broadband, a geração de tráfego gerado pela Netflix aumentou em 34 vezes entre 2018 (ano em que a Netflix começou a usar os serviços da SK) e setembro de 2021. 

Atualmente, a operadora afirma transmitir 1,2 trilhões de bits por segundo para transmitir conteúdo da plataforma em alta definição e em grande volume.

Amazon, Apple e Facebook pagam

O que torna o caso mais interessante, é que o Google (Youtube) e a Netflix ocupam a primeira e segunda posição de maior tráfego de internet gerado na Coreia do Sul, respectivamente, mas são as únicas que não pagam.

Enquanto que a Apple, Amazon e Facebook são algumas das empresas que pagam a operadora pelo tráfego de internet das suas plataformas.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários