TV por assinatura ganhará novos canais esportivos

Transmissão das Olímpiadas Tóquio 2020 vai motivar ‘sinais extras’ para assinantes; entenda como deve ser a dinâmica.

Ilustração Olímpiadas Tóquio 2020 - Evento terá sinal aberto na TV por assinatura
Ilustração Olímpiadas Tóquio 2020 – Imagem: Captura de Tela do site oficial

Estamos perto de mais um evento esportivo para aquecer o mercado de TV por assinatura, que atualmente vive picos momentâneos, em meio a uma crise que já perdura anos. Aqui, falamos especialmente das Olímpiadas Tóquio 2020, que vão motivar sinais extras para os assinantes de TV paga, uma boa notícia para os fãs da competição esportiva.

O SporTV, por exemplo, vai lançar o SporTV 4 em função do evento. Ao todo, a marca terá 40 sinais extras, diretos do Comitê Olímpico Internacional. Quem também vai somar mais um canal é a BandSports.

Obviamente, são ações próprias para o período de exibição das Olímpiadas Tóquio 2020. Ainda não há informações oficiais com a afirmação de que os canais compõem novas estratégias de atuação das duas emissoras.

Por sinal, conforme já adiantado pelo Minha Operadora, a BandSports estará com sinal aberto entre os dias 21 de julho e 08 de agosto. Assim, todo mundo que possui um contrato de TV por assinatura terá a oportunidade de acompanhar o evento esportivo.

VIU ISSO?

–> TV por assinatura da Claro net ganhará novo decoder 4K

–> Mercado de TV por assinatura poderá ter mudanças significativas

–> TIM lança nova campanha com foco nas Olimpíadas

O período dos Jogos Olímpicos de 2021 muito provavelmente será benéfico para o mercado de TV por assinatura. O segmento vive uma evasão histórica desde que novos modelos se destacaram no mercado, como o streaming (Netflix) e agora as ofertas legalizadas de IPTV.

Mas, momentos especiais costumam influenciar mais contratos com TV paga. Em 2020, por exemplo, a reclusão domiciliar coordenada para diminuir a circulação do novo coronavírus trouxe um novo ‘aquecimento’ ao mercado, que viu a evasão de assinantes desacelerar.

Para aproveitar, as empresas promoveram iniciativas diversas. Entre elas uma lista de canais com sinal aberto, com inclusão de opções de filmes, séries e jornalismo.

A Claro net foi a mais longínqua com a ação e encerrou a abertura de sinal dos seus canais de jornalismo apenas no mês passado. Todos seguiram liberados para ajudar a circular informações necessárias a respeito da pandemia.

Com informações de LineUP TV

About Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários