InícioTecnologiaWi-Fi debaixo d’água está perto de se tornar realidade

Wi-Fi debaixo d’água está perto de se tornar realidade

Mergulhadores poderão transmitir informações em tempo real para a superfície com a conexão.

Ilustração - Xavier Pita (KAUS Discovery)
Imagem: Xavier Pita (KAUS Discovery)

A notícia é grandiosa para pesquisadores e mergulhadores do universo aquático. Diversos cientistas estão unidos para tornar possível o lançamento do Wi-Fi subaquático, ou seja, a conexão que terá um bom funcionamento debaixo d’água.

De fato, as ondas de rádio nunca performaram bem quando submersas, o que dificultava a vida de mergulhadores e até pesquisadores quando era necessário enviar informações em tempo real para a superfície.

O novo sistema, conhecido como Aqua-Fi, vai se basear em uma tecnologia via laser. A mesma foi testada em 2018 para transmissão de vídeos em Full HD na água.

Na prática, um mergulhador poderia fazer o registro das imagens ou vídeos em um smartphone, dentro de uma caixa estanque.


A transmissão dos dados deve ocorrer ondas de rádios, que vai diretamente para um dispositivo implantado nos tanques de ar utilizado pelo usuário.

É o dispositivo que carrega um microcomputador capaz de converter os dados em pulsos de luz, que são emitidos para a superfície em um laser integrado de 520 nanômetros ou matriz de LED.

VIU ISSO?

–> Carros Fiat e Jeep terão Wi-Fi com internet da TIM

–> Influenciadora confunde Wi-fi de 5 GHz da Oi com 5G

–> Wi-Fi grátis do Google vai sair do ar

O modelo, obviamente, ainda passará por testes e será aprimorado para enfrentar desafios em alto mar.

De acordo com o principal cientista do projeto, Assoc. Prof. Basem Shihada, é uma maneira relativamente barata e flexível para conectar ambientes subaquáticos na internet global.

Com informações de KAUST Discovery

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários