Clubes da Turner vão ao Planalto discutir direitos de transmissão

Briga jurídica pode rescindir contratos vigentes de transmissão do Brasileirão na TV Paga.

Nesta terça-feira, 30, os oito clubes brasileiros parceiros da rede norte-americana Turner se reuniram em Brasília para discutir com o presidente da República, Jair Bolsonaro, a recém-editada Medida Provisória 984, que oferece aos clubes a prerrogativa de negociar os seus direitos de transmissão.

Há meses, o Athletico Paranaense, Bahia, Ceará, Coritiba, Fortaleza, Internacional, Palmeiras e Santos, que participam do Campeonato Brasileiro, tem se estranhado com a emissora Turner.


De um lado, a empresa acusa os clubes de descumprirem cláusulas contratuais.

Já os clubes alegam que a emissora não investe no futebol brasileiro e que o impasse seria uma forma dela rescindir os acordos sem ter que pagar uma multa bilionária, algo que a empresa nega.

Uma das principais queixas da Turner é o teto imposto para que só sejam transmitidas apenas seis partidas por cidade, algo que não estava previsto no acordo inicial. A empresa se diz prejudicada, já que muitos dos jogos que deveriam ser exibidos apenas na TNT, acabam passando também na TV Aberta, através da TV Globo.

A briga jurídica pode levar, até mesmo, ầ rescisão dos contratos vigentes de transmissão do Brasileirão na TV fechada. Caso isso ocorra, a Globo se tornaria a única detentora dos direitos do Brasileirão, aumentando o seu poder de barganha e potencialmente diminuindo os repasses para os clubes.

VIU ISSO?

–> Mesmo com futebol parado, TIM deve renovar patrocínio de times

–> Facebook Watch vai transmitir jogos clássicos da Libertadores

–> Claro net suspende venda do Premiere

Os clubes apoiam a MP, mas o mundo do futebol debate se ela já deve ser aplicada imediatamente. A Globo, por exemplo, é de opinião que contratos firmados antes da medida provisória continuam a valer na regra antiga, ou seja, a emissora só transmite uma partida se tiver direitos de ambas as equipes em campo.

Já os times, opinam que a emissora que tiver contrato com o clube da casa pode transmitir os jogos, mesmo que o clube visitante tenha acordo com uma empresa concorrente.

Para a Turner, esta última seria uma proposta interessante. Por ela ter contrato com os oito clubes, ela poderia transmitir todos os jogos, caso estes sejam de clubes mandantes, o que aumentaria a grade da emissora.

Com informações de UOL.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários