terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Deputados aprovam projeto que prevê o sigilo de dados em celulares

O que você achou? 
Segue avançando na Câmara, a proposta que muda o Marco Civil da Internet e garante o sigilo de dados armazenados em celulares e computadores.

Nesta terça-feira, 5, a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados aprovou o projeto que altera o Marco Civil da Internet e garante o sigilo de dados armazenados em celulares, computadores e outros dispositivos que se conectem à internet. 

Atualmente, a lei brasileira garante o sigilo das comunicações realizadas através dos aparelhos, mas não se refere aos dados armazenados como conversas em aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp. O novo projeto determina que apenas uma decisão judicial pode violar o sigilo das informações. 



O deputado Vinicius Carvalho (PRB-SP), relator da proposta na comissão, aceitou as mudanças feitas no texto pela Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI). Em contrapartida, outras modificações feitas no texto original foram retiradas, por considerar que a inclusão de qualquer dispositivo com conexão à internet, já engloba aparelhos como celulares e tablets. 

Carvalho destacou que o acesso a dados, especialmente em aplicativos como o WhatsApp, são essenciais para investigações de organizações criminosas, mas que com o projeto precisarão de uma ordem judicial para serem acessados. 

O deputado afirmou que a proposta amplia a proteção aos cidadãos e também permite ao Estado acessar as informações que lhe forem importantes. O projeto segue para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, e se aprovado irá para votação no plenário da Câmara dos Deputados.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário