21/05/2024

Dono da Claro promete investimento de R$ 40 bilhões no Brasil; confira

Carlos Slim, presidente da controladora da Claro no Brasil, teve reunião com o Presidente Lula e prometeu altos investimentos no país.

O magnata mexicano Carlos Slim, conhecido como o homem mais rico da América Latina, teve um encontro na tarde de sexta-feira (19) com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio do Planalto. Carlos Slim é o fundador do Grupo América Móvil, uma das principais controladoras da operadora Claro.

Foto: Ricardo Stuckert / PR.

Após a reunião, Slim compartilhou com os jornalistas que tem planos de investir consideravelmente no Brasil nos próximos cinco anos, além disso ele afirmou que a empresa já tem depositado muito investimento no país e vai seguir dessa maneira.

Especificamente, ele anunciou uma injeção de R$ 40 bilhões em diversos setores, com destaque para a expansão da infraestrutura de fibra ótica, o desenvolvimento de serviços de internet de alta velocidade e a oferta de soluções tanto para cidadãos quanto para empresas.

Slim rejeitou a ideia de comprar a empresa de telecomunicações Oi, que teve seu plano de recuperação judicial aprovado pelos credores. Ele afirmou que não está interessado em adquirir nenhuma empresa no momento, mas sim em focar em investir para expandir e competir no mercado, buscando aumentar sua base de clientes. Essa declaração reflete a estratégia atual do empresário mexicano em fortalecer suas operações e presença nos setores em que atua, ao invés de buscar aquisições adicionais.

“Não estamos pensando em adquirir nenhuma empresa. O que estamos pensando é planejar em investir mais e competir mais e ter esse contento de ter cada vez mais clientes”.

Durante a reunião entre Lula e Slim, discutiram-se planos de expansão da rede de fibra ótica e implementação do 5G no Brasil, além de parcerias comerciais no setor de telecomunicações. Slim revelou aos jornalistas que sua empresa investiu cerca de R$ 40 bilhões no Brasil nos últimos cinco anos, e pretende manter esse mesmo ritmo nos próximos cinco anos.

Na reunião de mais de 1h30, estavam presentes o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, o ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, e o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, junto com Carlos Slim.

O executivo também elogiou a economia brasileira, destacando sua melhoria contínua e baixa inflação. Apesar da sede da Claro ser no México, Slim afirmou que o Brasil agora é o principal mercado do grupo na América Latina, devido a restrições regulatórias no México.

“Foi uma conversa ampla e interessante. Estivemos falando de como estão as economias, a do Brasil cada vez melhor, com inflação reduzida. Falamos dos nossos planos de investimento e do interesse que temos de seguir apostando de maneira importante no país”.

3 COMENTÁRIOS

Se inscrever
Notificar de
guest
3 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários