InícioDefesa do ConsumidorAplicativo Facily é investigado pelo Procon de São Paulo

Aplicativo Facily é investigado pelo Procon de São Paulo

Facily promete compras coletivas com preços acessíveis, mas tem causado problemas para os seus consumidores; saiba porque.

Devido ao grande número de reclamações que o Procon/SP tem recebido sobre o Facily, o órgão resolveu investigar a empresa e recomenda que as pessoas evitem comprar no aplicativo.

Entre o mês de janeiro a julho deste ano, a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo já recebeu mais de 11 mil reclamações.

O Procon de Minas Gerais também abriu procedimento para investigar se a empresa está cumprindo corretamente o Código de Defesa do Consumidor. Somente entre agosto e setembro, o órgão recebeu mais de 70 reclamações sobre o aplicativo.

De acordo com o diretor executivo do Procon de São Paulo, Fernando Capez, somente no mês de setembro foram registradas 10 mil reclamações relacionadas à empresa. “São de 15 a 20 mil reclamações por mês“, afirma o diretor.


Entre as reclamações estão a demora de entrega, falta de cuidado com os produtos comprados, não recebimento da mercadoria, propaganda enganosa e problemas com atendimento.

LEIA TAMBÉM:

–> Procon-SP pede explicações a Shopee sobre possíveis produtos falsificados

–> Samsung e Apple são notificadas pelo Procon de São Paulo

–> Não me ligue! Procon divulga ranking das operadoras mais inconvenientes

No momento, o processo está na fila para ser encaminhado para a fiscalização, e se as inconsistências do aplicativo forem comprovadas, a empresa pode receber uma multa de até R$ 10 milhoes.

“Vamos avaliar se é caso de encaminhar ao Ministério Público a promoção de uma ação de indenização por dano moral coletivo, porque não é normal esse número de reclamações chegar ao Procon”, afirmou Capez.

Sobre o aplicativo

A Facily se trata de um aplicativo de e-commerce e marketplace da América Latina, onde é possível fazer compras coletivas. No aplicativo, as pessoas (amigos e familiares) podem comprar produtos em conjunto por preços mais acessíveis.

A empresa oferece produtos que vão desde a hortifruti a eletrônicos, e por ser um lugar para compras coletivas, são oferecidos preços de atacado, o que acaba resultando em um valor mais barato do que o mercado tradicional.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários