InícioDefesa do ConsumidorSamsung e Apple são notificadas pelo Procon de São Paulo

Samsung e Apple são notificadas pelo Procon de São Paulo

Desde 2020 que empresas como Apple e Samsung são notificadas pelo Procon por possível prática abusiva e compra casada; saiba detalhes.

(Getty/Getty Images)

Nesta terça-feira (28), o Procon-SP notificou a Apple e a Samsung por lançarem novos celulares sem carregadores. O órgão entrou em contato com as empresas para saber por qual motivo as mesmas não estão incluindo os carregadores na embalagem.

A notificação também solicita explicação das empresas sobre o modelo e custo do carregador vendido separadamente, assim como o tempo de carregamento, e se os consumidores poderão utilizar carregadores paralelos.

Fernando Capez, diretor-executivo do Procon-SP, afirma que a atitude de ambas companhias pode ser configurada como venda casada.

“Se comprovada essa prática abusiva, as empresas poderão ser multadas de acordo com determinações do Código de Defesa do Consumidor, como já ocorreu com a Apple em março deste ano”, afirma.

LEIA TAMBÉM:

–> Após roubo de dados, Procon-SP notifica Samsung, Apple e Motorola

–> Deputado quer obrigar Apple a incluir carregador na caixa de iPhone

–> Procon-SP convoca Claro, TIM e Vivo para discutir segurança em celulares


A empresa coreana afirmou que recebeu a notificação e disse que está em transição para a remoção de carregadores e fones de ouvido.

“A Samsung reforça que com o objetivo de minimizar o uso e descarte de materiais que podem impactar o meio ambiente, está fazendo a transição para a remoção do plugue do carregador e dos fones de ouvido em nossa mais recente linha de smartphones Galaxy”.

A Apple ainda não se pronunciou sobre a notificação do Procon de São Paulo.

Outros casos

Não é a primeira vez que empresas são notificadas por venderem smarthphones sem carregador na caixa.

Em 2020, o órgão multou a Apple em R$ 10 milhões por vender o iPhone 12 sem carregador. Mesmo a companhia alegando ser parte de “seus objetivos ambientais”, o Procon relatou que a Apple “não demonstrou esse ganho ambiental”.

Em agosto deste ano, Apple e Samsung foram notificadas pelo Procon de Fortaleza, pelo mesmo motivo, onde foi apontado como prática abusiva e venda casada.

Com informações do G1

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários