InícioDefesa do ConsumidorMinistro reclama publicamente de TV paga da Vivo

Ministro reclama publicamente de TV paga da Vivo

Chefe do gabinete de Segurança Institucional (GSI) ficou insatisfeito por não ter conseguido acompanhar a estreia da CNN Brasil.

General Augusto Heleno
Imagem: Flickr Palácio do Planalto

Em uma publicação no Twitter com mais de três mil compartilhamentos e acima das 24 mil curtidas, o atual ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, manifestou sua insatisfação com a Vivo.

Na rede social, ele afirmou que a TV por assinatura oferecida pela operadora enfrenta problema há meses na região de Brasília (mencionada pelo apelido Bsb). O sinal sai do ar com as chuvas e deixa maioria dos clientes sem o serviço acordado na oferta.


Para piorar, o General do Exército compartilhou sua insatisfação por não ter conseguido acompanhar a grande estreia da CNN Brasil no último domingo, com início às 20h. Confira o tuíte:

VIU ISSO?

–> Entenda como a CNN Brasil quer driblar crise da TV paga

–> Vivo TV supera a NET com lista de canais ao vivo pelo aplicativo

–> Cliente questiona a NET no Twitter, mas é a SKY que responde

Vale destacar que não é o momento mais apropriado para qualquer serviço de telecomunicação passar por instabilidades.

Um ofício recente da Anatel orientou que as operadoras adotassem uma série de medidas para prover a população brasileira de conectividade, entretenimento e informação por conta da pandemia do coronavírus.

A primeira a anunciar que já tomou as providências necessárias foi a Claro. Mas SKY e Oi também já divulgaram suas ações em prol da conscientização e reclusão dos brasileiros.

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários