InícioTV por AssinaturaPlayPlus perde canais da Disney

PlayPlus perde canais da Disney

Evasão de conteúdos já tem data para ocorrer. Confira os detalhes.

PlayPlus perde canais ao vivo da Disney

A partir de 31 de maio de 2021, o streaming PlayPlus vai perder vários canais lineares pertencentes ao Grupo Disney.

A plataforma de streaming está informando aos assinantes por meio de comunicado por e-mail que os canais Disney (Disney Channel, Disney XD e Disney Jr) e ESPN (ESPN, ESPN Brasil, ESPN 2 e ESPN Extra) serão retirados do catálogo.

Para os assinantes que queiram cancelar a assinatura, o serviço orienta fazê-la por meio do painel da conta na PlayPlus ou entrar em contato com a central de atendimento.

Lançado em agosto de 2018, o PlayPlus é uma plataforma streaming desenvolvida pelo Grupo Record.


VIU ISSO?

–> PlayPlus volta a ser alvo de reclamações; Record TV se manifesta

–> Disney deve ultrapassar o número de assinantes da Netflix até 2024

–> Conheça o possível catálogo do STAR+, novo streaming da Disney

O serviço inclui conteúdos da RecordTV, Record News e emissoras de rádio parceiras, além de conteúdos originais e exclusivos.

Meses após o início das operações, o PlayPlus anunciou a parceria com a Disney para transmitir conteúdos no formato streaming, disponibilizando o sinal ao vivo dos canais fechados, mas sem a oferta de títulos sob demanda.

Os canais Disney e ESPN eram um dos maiores atrativos para vender assinaturas do PlayPlus.

O Minha Operadora entrou em contato com a PlayPlus e a Disney, mas até o fechamento desta matéria não recebemos um posicionamento oficial sobre a retirada dos canais do serviço de streaming.

Entretanto, a evasão de conteúdos lineares e sob demanda da Disney do PlayPlus e de outras plataformas pode ser explicada pelo fim do contrato de licenciamento, um movimento estratégico da empresa do Mickey ou uma mistura de ambos.

Ao retirar os conteúdos de serviços concorrentes, a Disney passa a gerar exclusividade em seus títulos, sendo acessíveis no Brasil apenas por meio do Disney+ ou do vindouro Star+ (previsto para estrear no país em junho de 2021).

Diferentemente do Disney+, que tem um apelo maior para o público infantil, o Star+ terá um conteúdo mais adulto, herdando a biblioteca da antiga FOX (hoje “Star”) e incluindo os conteúdos dos canais ESPN.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

3 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários