Record também anuncia seu próprio streaming de vídeo, o Play Plus

Plataforma custa R$ 12,90 por mês e oferece conteúdos da emissora, alguns exclusivos e também de parceiros.

A TV por assinatura até registrou um leve crescimento no último levantamento da Anatel, mas nenhuma empresa está querendo depender exclusivamente desse modelo. Assim como Netflix, Amazon Prime Video, Looke, Globoplay, HBO Go, FOX, agora também mais uma emissora aberta, a Record, decidiu lançar sua própria plataforma de streaming e conteúdo sob demanda: o Play Plus.


O lançamento foi feito pelo Grupo Record nesta terça-feira (14), e reunirá tanto a programação da RecordTV, inclusive ao vivo e produções exclusivas de apresentadores como Xuxa, Marcos Mion, Ticiane Pinheiro, quanto conteúdos dos parceiros ESPN, PlayKids, SuperToons e Fish TV. O acesso 24 horas ao reality show “A Fazenda” também será oferecido pelo app.










A plataforma reunirá, portanto, esportes, desenhos, filmes, novelas, séries e programas de entretenimento e notícias, como um Especial Eleições, em um mesmo lugar. 


Entre os conteúdos originais PlayPlus, se encaixam ainda as rádios 98 FM, Sociedade, Vagalume, Energia 97, Transamérica e podcasts que tratam de assuntos variados. Episódios da Família Trapo, especiais como da Elis Regina e o Programa Flavio Cavalcanti, que fazem parte do acervo histórico da emissora, também estarão disponíveis.








LEIA TAMBÉM:





O desenvolvimento do PlayPlus contou com o apoio do time da empresa PwC Brasil, que analisou o perfil do grupo e a segmentação dos telespectadores para definir os preços, conteúdos e parcerias.
O PlayPlus custa R$ 12,90 ou R$ 32,80, para quem tiver interesse em incluir os conteúdos da ESPN. O plano dá direito ao acesso em quatro telas simultâneas e pode ser usado inicialmente de forma gratuita por 30 dias:

O app está disponível para download pela Play Store ou App Store e, além do smartphone ou tablet, também pode ser acessado pelo computador por meio do www.playplus.com.

“Nós acreditamos na democratização da informação para que ela seja disponibilizada de uma forma facilitada ao usuário final”, afirmou o superintendente de estratégia multiplataforma do Grupo Record, Antonio Guerreiro.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
15 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários