Highline entrará na disputa pela InfraCo, da Oi

Americana prepara lance para adquirir 51% do controle acionário da empresa que concentrará a fibra óptica da Oi; entenda.

Divulgação Highline do Brasil
Imagem: Divulgação Highline do Brasil

Praticamente fora da disputa pelos ativos móveis da Oi (OIBR3 / OIBR4), a Highline está longe de cessar seus investimentos no Brasil. A nova jogada da americana será dar um lance pelos ativos de fibra óptica da operadora carioca.

Para quem ainda não está por dentro, o plano da Oi envolve a venda total dos ativos de telefonia móvel, torres, data center, TV por assinatura e 51% do controle acionário da empresa criada para concentrar a infraestrutura de rede (InfraCo).


É nessa última que a Highline mira e estuda uma proposta para colocar na mesa, durante o futuro leilão que marcará o negócio.

A rede fixa da Oi está avaliada em R$ 20 bilhões. O negócio deve completar a arrecadação da operadora para recuperar seu caixa e investir no futuro da operação.

Nos próximos anos, a tele carioca estará concentrada entre InfraCo e ClientCo, essa última terá os clientes e todos os outros serviços oferecidos, como o Oi Play e Oi Place, que foram mais detalhados na última terça-feira, 20.

Já a estratégia da Highline envolver se tornar a maior operadora de redes neutras no Brasil. A empresa estuda também a aquisição de regionais para montar um portfólio.

VIU ISSO?

–> Highline do Brasil ainda não desistiu da Oi Móvel, segundo site

–> Conheça a posição do CADE sobre a venda da Oi Móvel

–> Oi terá modelo de negócio semelhante à Amazon

Entretanto, apesar de ser um mercado inexplorado, a disputa promete ser acirrada nos próximos meses. Vivo e TIM também já avançaram com o desejo de explorar as redes neutras.

A Highline, controlada pelo fundo americano Digital Colony, ainda é uma desconhecida do grande público por não ofertar serviços diretamente para o consumidor.

Mas, o desejo da companhia é continuar com uma atuação dessa forma, por trás das empresas que disponibilizam a oferta final para os clientes.

Com informações de Estadão

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários