Ministro promete conectar 100% das unidades de saúde do país

Operadoras se comprometeram a levar internet para mais de 16 mil pontos até o final do mês.

Nesta quarta-feira, 1º, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em conjunto com o Ministério da Saúde (MS), anunciou que pretende conectar todas as unidades de saúde do país até o final de abril.

A implantação dos pontos de conexão será articulada pela Rede Conectada MCTIC, criada com o objetivo de garantir o funcionamento dos serviços de telecomunicações durante a pandemia da Covid-19.


As operadoras de telefonia e internet se comprometeram a conectar as 16 mil unidades de saúde identificadas pelo Ministério da Saúde.

Além das empresas do setor privado, participam do projeto a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e o programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), para levar a internet via satélite em locais remotos.

VIU ISSO?

–> Operadoras pedem quarentena regulatória para Anatel

–> Câmara quer utilizar recursos do Fust para combater a Covid-19

–> Tecnologia da Vivo vai combater o COVID-19 em São Paulo

“Essa iniciativa será muito importante para atividades como a telemedicina… E a conexão das unidades ficará como legado para o país.” diz ministro Marcos Pontes.

O responsável pela pasta também anunciou R$ 100 milhões em chamadas públicas para desenvolver vacinas, pesquisas e tecnologias para combater a pandemia.

O recurso foi liberado pelo Governo Federal como crédito suplementar e teve origem no Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

Com informações do MCTIC.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, FAÇA LOGIN para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de