Vivo inaugura nova sede administrativa

Ambiente de 490 metros quadrados segue o modelo de coworking, evitando salas fechadas e permitindo que os funcionários interajam entre si.

Foto: Vivo/Divulgação

A Vivo inaugurou recentemente sua nova sede administrativa em Manaus, no Amazonas. Seguindo os modelos já utilizados em São Paulo, Brasília, Porto Alegre e Recife, o novo espaço busca incentivar a integração entre os funcionários.

Situado no Edifício Soberane, na zona sul de Manaus, o ambiente de 490 metros quadrados segue o modelo de coworking, evitando salas fechadas e permitindo que os funcionários interajam entre si.


A sede reúne 58 colaboradores trabalhando em diversas áreas, como vendas, engenharia, jurídico e administrativo. Não há lugares previamente marcados, permitindo que os funcionários trabalhem onde desejar ou dependendo da sua necessidade laboral.

“Todos apoiaram a iniciativa, que permite um novo olhar sobre nossas rotinas e desapegar de hábitos que não combinam mais com o mundo digital e conectado que tanto curtimos”, afirmou a empresa nas redes sociais.

VIU ISSO?

–> Vivo inaugura loja no Rio com conceito inovador e coworking

–> Vivo começa 2020 com mais de 200 vagas de emprego

–> Técnicos da Vivo utilizam bicicletas para visitar clientes

O modelo de coworking já é utilizado pela operadora em outras sedes da companhia e até mesmo em lojas. A ideia é que o novo ambiente seja mais receptivo para a nova geração de trabalhadores, que não se interessa pelos métodos tradicionais de trabalho.

Com o programa “Vem de você”, por exemplo, os funcionários têm liberdade para a escolha de roupas, contam com banheiros unissex e tem a opção de trabalhar em casa.

Com informações de A Crítica e Assessoria de Imprensa Vivo.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários