segunda-feira, 12 de março de 2018

Vivo anuncia investimentos de R$ 26,5 bilhões até 2020

O que você achou? 
Operadora quer investir em redes móveis e fixas, com valor adicional também voltado à expansão de fibra óptica.

A Vivo anunciou, nesta segunda-feira (12), que investirá R$ 24 bilhões entre 2018 e 2020 para expandir e melhorar a qualidade de suas redes móveis e fixas. O valor estimado pela Telefônica Brasil exclui eventuais investimentos em licenças.

No fato relevante, um comunicado para acionistas e o mercado em geral, a operadora também revelou outro valor de investimento: R$ 2,5 bilhões adicionais voltados exclusivamente à expansão da rede de fibra óptica. Em 2017, clientes de 87 cidades fecharam o ano com a tecnologia FTTH (fiber-to-the-home) da Vivo.


Os valores são estimados, portanto podem sofrer alterações ao longo do triênio 2018-2020, "de acordo com eventuais mudanças no ambiente de negócio e macroeconômico".

LEIA TAMBÉM:

O anúncio dos investimentos foi feito depois da desistência da Vivo de aceitar o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que permitiria uma troca de multas por investimento em banda larga para a tele.

Na última sexta-feira (9), vimos que a companhia e a agência não entraram em um acordo.

Vale lembrar que, na semana passada, a TIM também anunciou suas previsões entre 2018 e 2020. De acordo com o plano estratégico da concorrente da Vivo, a expectativa é investir pelo menos R$ 12 bilhões no período, focando na expansão do 4G pelo Brasil. Outras metas também já foram definidas.


Um comentário:

  1. O problema da vivo é que ela só fica na promessa, já faz 3 anos que passou fibra em minha cidade e o que ela fez? fez tudo pelas metade ainda tem muito bairro sem fibra, em 2016, disse que faria um investimento e que iria expandir sua rede de fibra, já faz dois anos que falam isso e aqui não acontece nada, absolutamente nada, muito pelo contrario, nos bastidores da tel telecomunicações corre o boato que a vivo não expandir sua rede na cidade tão cedo, e olha que são josé do rio preto é a maior cidade do noroeste paulista.

    ResponderExcluir