Clientes reclamam de atraso na entrega de chips e Veek se pronuncia

COMPARTILHAR:

Operadora móvel virtual destaca a greve nos Correios que começou nesta segunda-feira.

A Veek, operadora móvel virtual lançada no ano passado, fez duas postagens em sua página no Facebook esclarecendo um possível atraso na entrega do VeekChip. Já fez 20 dias desde que a empresa começou a oferecer chips 100% gratuitos aos seus clientes.

Na teoria, bastaria baixar o aplicativo da Veek e pedir o chip sem pagar nada para recebê-lo em casa. Por ser totalmente digital, não há um endereço em que o cliente possa comprar ou buscar o chip da operadora. Acontece que muitos usuários começaram a reclamar da demora no envio, muitos ainda sem receber o produto.






Na última quarta-feira (7), a Veek já havia feito uma postagem direcionada àqueles que costumam reclamar que pediram o Veekchip, mas ele ainda não chegou. Ela informou, na data, que todos os chips pedidos já haviam sido postados nos Correios, que o prazo de entrega passado seria de 10 dias úteis, mas que ele “nem sempre é cumprido”.
LEIA TAMBÉM:
Nesta segunda-feira (12), a Veek fez uma nova postagem alertando sobre a greve nos Correios, anunciada hoje em vários estados do Brasil.
“Ainda não podemos prever o impacto na entrega dos VeekChips, mas gostaríamos de reafirmar a transparência em nosso relacionamento e, claro, a nossa preocupação com você que escolheu fazer parte da Veek”, informou.
Em fevereiro, além dos chips gratuitos e de uma carga bônus, a operadora, que utiliza a rede da TIM, liberou seus chips para mais regiões, chegando em 36 DDDs brasileiros. Ela também cortou o preço das ligações pela metade, agora cobrando 20 centavos a cada 10MB utilizado e 10 centavos por minuto.
Veja os posts sobre o atraso na entrega:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
4 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários