quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Cabo submarino que liga Brasil e África já está quase concluído

O que você achou? 
75% da instalação do cabo submarino Sacs está concluída. O equipamento deve começar a operar no primeiro semestre de 2018.

Nesta terça-feira, 14, a Angola Cables divulgou que 75% da instalação do cabo submarino Sacs (South Atlantic Cable System) já foi concluída. O cabo começa na costa de Angola, em Sangano, passando pela capital Luanda e se estende até a cidade de Fortaleza, no Ceará. 

A companhia aportou US$ 160 milhões para a construção do equipamento, que deve começar a operar ainda no primeiro semestre de 2018. A expectativa é que a velocidade na troca de informações aumente e supra as demandas. 


O CEO da Angola Cables, António Nunes, afirmou que após o cabo Sacs começar a operar, junto a operação de outros cabos como o Monet, mudará os paradigmas do transporte global de dados de telecomunicações. 

O investimento da empresa no Ceará não deve parar por aí, no fim de agosto a companhia anunciou que irá construir uma infraestrutura de apoio para manutenção e suporte dos cabos submarinos que terão base no Ceará.

Executivos da empresa afirmaram que a estrutura apresentada pelo Governo do Ceará é suficiente para os novos projetos da companhia, como a construção de um data center. 

*Com informações do Diário do Nordeste. 

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário