terça-feira, 8 de novembro de 2016

Queda no número de clientes móveis da Oi em setembro assusta

O que você achou? 
Não se engane: todas as operadoras estão perdendo clientes no pré-pago, e não são poucos. Veja o relatório completo.



Saíram os números que mostram o desempenho do setor de telefonia celular brasileiro mensalmente. Os dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apontam para uma fuga desesperada de clientes da Oi (695.242 linhas desativadas) em setembro. Mais do que a perda de TIM (-267.134) e Claro (-164.656) juntas.

A situação da Oi seria ainda pior se ela não tivesse os novos planos de conta Oi Mais. Nesse segmento a companhia atraiu 17 mil novos assinantes. Os planos pós-pagos da Claro (+185 mil) e TIM (+140 mil) também estão ajudando para que a situação de ambas não fique pior do que já está.

Focando no pós-pago, Nextel e Vivo continuam alargando suas bases de usuários. A primeira deu boas-vindas a 28.449 titulares e a segunda teve um resultado próximo: 25.854 a mais. Detalhe importante: a Vivo também perdeu muita gente no pré-pago, 266 mil acessos, mas a sua reação no pós conseguiu ser mais forte que a queda e a fez ter esse pequeno saldo positivo.


Em apenas um mês, a tecnologia 4G/LTE passou a ser utilizada por 3,04 milhões de terminais, fechando o nono mês do ano com 49,3 milhões de usuários. O 3G caiu, de 134,1 milhões de acessos para 131,4 milhões.

No geral, o Serviço Móvel Pessoal (SMP) perdeu 1,05 milhão de terminais de voz e dados e agora possui 251 milhões de chips em operação. São 121,79 linhas móveis ativas para cada 100 brasileiros, segundo métricas de teledensidade divulgadas pelo IBGE. Os especialistas do setor continuam apostando no abandono de chips secundários como causa dessa queda tão acentuada, que, como você vem acompanhando aqui no Minha Operadora, vem acontecendo há algum tempo.

Leia também:


10 comentários:

  1. Eu e um amigo aqui em São Paulo usava o plano da oi pré 40 por mês,consegui ser tim beta 10gb mais 600 minutos, liguei na e perguntei se tinha alguma proposta par eu não sair da oi foi maltratado e não me deram a atenção, chupá por mim quero saia mais clientes.

    ResponderExcluir
  2. O plano de 40,00 da oi é muito bom , 500 minutos mais 1,5 g.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom mesmo. Ganhou quase 2 milhoes de novos clientes no Centro Oeste.

      Excluir
    2. Sim não é ruim. Mas como conseguir o Tim beta preferir mudar.

      Excluir
    3. Sim não é ruim. Mas como conseguir o Tim beta preferir mudar.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Olha so os motivos:
    1. Tim Beta e Tim Pre 1Gb canibalizou o Oi livre.
    2. Aplicativos de mensagens (Whats app, Snap, Telegram).
    3. O desligamento de multiplos chips de uma só operadora. A Oi e a Tim acabaram sendo "culpadas" porque lancaram planos com muita internet e minutos para qualquer operadora.

    ResponderExcluir
  4. Minha opinião pessoal é de que a Vivo está segurando um pouco sua limpeza de base. A princípio pode parecer que tudo está bem. Mas como de dezembro não passa, vou aguardar os números. Os novos convites Tim Beta podem fazer a Vivo levar um susto, pois durante a vigência da promoção Wifikiller da Tim, o sistema de portabilidade congestionou. Vamos ver até quando as aparências vão se manter.
    Não adianta não perder durante o ano inteiro e chegar dezembro desligando 5 milhões de linhas inativas em um mês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A matéria é clara ao dizer que a Vivo perdeu mais de 260 mil clientes no pré mas o pós ajudou a segurar a queda. Negar que a Vivo reina no pós não é muito sensato. Não é pq o TIM é um bom plano que todos vão achar que a TIM é a melhor. A rejeição a essa operadora é muito grande.

      Excluir
  5. No meu município (Moiporá/GO) só tem cobertura da Oi, mas se tivesse de outras operadoras com certeza já teria migrado também para algum outro plano de outra operadora. A Tim tem ótimos planos inclusive, o wifikiller foi uma promoção bastante atrativa, mas em Goiás ela é péssima de cobertura, pouquíssimos lugares com 3G/4G e sua base 2G chega em raros municípios muito pequenos onde só se alcança uma única operadora ainda.

    ResponderExcluir