Brasil das operadoras de telefonia: saiba quem é líder em cada DDD do país

Cada região parece ter a sua operadora de celular preferida. Veja como é a escolha dos brasileiros em dezenas de áreas locais (DDDs).


O Brasil tem mais de 252 milhões de chips de celulares em funcionamento. Esse número chega a ser maior do que o total de habitantes no país.
Além de possuir esse quantitativo gigante de linhas móveis, existem também operadoras de telefonia que são responsáveis por fazer o aparelho “funcionar”. O país possui quatro principais operadoras de celular:
  1. Vivo, da espanhola Telefônica;
  2. Claro, da mexicana América Móvil;
  3. TIM, do grupo Telecom Itália, do país que a operadora leva o nome;
  4. Oi, da brasileira Grupo Oi e antiga Telemar.
A primeira abocanha grande parte do território brasileiro. A Vivo tem as tarifas mais caras – não é a toa que a chamam de operadora de rico – e sempre arruma um jeito de fazer polêmica, como, por exemplo, aderindo franquia de internet em seus planos de banda larga… (fora as alfinetadas no WhatsApp).
A Claro é a operadora que mais gosta de “copiar” a TIM, mesmo lançando planos com novidades, com “celulares grátis em combos de voz, TV e internet” ou “dobrando a franquia ao contratar os combos”.
O que muda da Claro para a Vivo é o atendimento, e o preço dos planos. A Claro cobra praticamente 10 reais para ter 600MB de internet e WhatsApp grátis, enquanto os clientes Vivo têm que recarregar todo mês para ter 200MB de bônus junto aos 600MB que a mesma oferece (dependendo da região).
A TIM é considerada a operadora mais inovadora do país. Meses atrás perdeu o “vice-reinado” para a Claro, após ter feito uma limpeza na base de clientes. Agora, está atacando com seu TIM beta, que sempre traz preços competitivos – R$ 50,00 por 20GB no Beta LAB.
A Oi começou o ano com o pé esquerdo. Afundada em uma dívida de quase R$ 66 bilhões (onde R$ 20 bilhões são de multas da Anatel, e os outros R$ 46 bilhões são de empresas internacionais), a operadora está investindo fortemente nos seus combos e também nos pacotes pré, controle e pós-pago, todos com preços bastante competitivos.
Se pararmos para pensar, as operadoras sofrem homogeneidade em todos os cantos. Tem lugar que prefere a Vivo, enquanto outras preferem a TIM.
Veja abaixo a operadora que é líder em cada DDD (Código de Área), atualmente:
São Paulo
DDD 11, 13, 14, 15 e 18: Vivo
DDD 12 : TIM 
DDD 17, 18 e 19: Claro
Rio de Janeiro
DDD 21: Claro
DDD 22 e 24: Vivo
Espírito Santo
DDD 27 e 28: Vivo
Minas Gerais
31, 35, 37 e 38: Vivo
32 : Claro
33 : Oi
34 : TIM
Paraná
? Totalmente dominado pela TIM, mas pode ter perdido mercado para a Claro
Santa Catarina
47 e 48: TIM
49: Claro
Rio Grande do Sul
51, 54 e 55: Vivo
53: Claro
Distrito Federal
? Totalmente dominado pela Claro (DDD 61)
Goiás
? Totalmente dominado pela Claro (DDD 62 e 64)
Mato Grosso e Mato Grosso do Sul (DDD’s 65, 66 e 67) têm a liderança da Vivo, assim como todos os estados do Norte, exceto Rondônia e Tocantins (DDD’s 69 e 63), e o nordeste do Pará (DDD 91), cuja liderança é da Claro e da TIM, respectivamente.
No Nordeste, a Oi é líder em Recife e região (DDD 81) e nos DDD’s 71 da Bahia, 98 do Maranhão e 83 da Paraíba.
A TIM é líder nos DDD’s 82, 87, 84, 88, e 99 de Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará e Maranhão, respectivamente.
A Vivo marca presença em três DDD’s da Bahia: 72, 73, 74 e no Sergipe (79).
Já a Claro, é líder no Piauí e no norte da Bahia (DDD 75).
* Artigo enviado por: Douglas Alves
Leia também:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
15 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários