29/06/2022

Vivo quer recolher mais de 10 toneladas de lixo eletrônico este ano

Ano passado, a operadora bateu o recorde de volume de resíduos eletrônicos coletados, onde foram recolhidos 9,2 toneladas de itens.

O descarte de lixo eletrônico no Brasil ainda é um problema que deve ser resolvido. Quem não tem aquele smartphone que parou de funcionar guardado no fundo do armário. Ou um notebook quebrado por ter pena de jogar ou até mesmo não saber como descartá-lo. O Brasil é um dos países com o maior volume de produção de lixo interno no mundo, segundo o The global E-waste monitor.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo V.Trends, hub de pesquisa e insights da Vivo, três em cada cinco brasileiras têm lixo eletrônico guardado em casa. Entre as principais dificuldades que as pessoas encontram para o descarte do lixo eletrônico estão a falta de informações corretas sobre o assunto (44%) e a deficiência dos pontos de coleta especializados (61%).

Dos entrevistados na pesquisa, 86% afirmaram que separaram o lixo eletrônico de outros resíduos recicláveis, enquanto que 64% disseram fazer o descarte em pontos de coleta especializados.

Visando suas estratégias e melhores práticas ESG, a Vivo busca informar a população sobre a situação e espera recolher mais de 10 toneladas de lixo eletrônico ainda este ano.

“Estamos comprometidos com as melhores práticas ESG e buscamos mobilizar os consumidores, sejam eles ou não nossos clientes, a fazerem o descarte eletrônicos de pequeno porte em qualquer uma de nossas 1,7 mil lojas, onde mantemos pontos específicos destinados à coleta”, destacou Joanes Ribas, executiva de Sustentabilidade da Vivo.

A operadora trabalha com isso desde 2006, onde já recolheu mais de 5 milhões de itens, sendo mais de 1 milhão de aparelhos celulares. No total, mais de 128 toneladas já foram recolhidas e retornaram para a cadeia produtiva como matéria-prima.

Em 2021, a Vivo conseguiu bater o recorde de volume de resíduos eletrônicos coletados com sua campanha. Foram 9,2 toneladas de itens recolhidos, um aumento de 21% em relação ao ano anterior. Entre os principais itens recebidos estão pilhas, carregadores, celulares, fones de ouvido e baterias.

“Escolhemos usar a força da marca para dar luz e engajar as pessoas em temas relevantes, como a questão do lixo eletrônico”, explicou Marina Daineze, diretora de Imagem e Comunicação da Vivo. Ela contou que, por meio da campanha “Recicle com a Vivo”, a empresa busca orientar os consumidores a fazerem o descarte adequado e contribuir com a sustentabilidade.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x
POCO F4 / POCO X4 GT no AliExpress