06/07/2022

Telefónica e Microsoft ampliam parceria para solução de trabalho híbrido

Com a ampliação do contrato, as companhias pretendem desenvolver produtos no setor de videogames e outros segmentos.

Nesta segunda-feira (28), durante o MWC 22, a Telefónica e a Microsoft anunciaram a ampliação da parceria mundial, que resultará em soluções de trabalho híbrido em conjunto com os planos corporativos e domésticos. Ambas empresas foram parceiras em iniciativas de segurança de dados para o segmento corporativo e governamental, transformação digital e em conectividade.

Com a ampliação da parceria, as companhias pretendem desenvolver produtos no setor de videogames. No entanto, nenhuma das empresas informou quais os novos produtos serão lançados nos próximos meses. A Telefónica vende consoles XBox em seu marketplaces e os pacotes de assinatura da Microsoft desde 2021.

No segmento doméstico e empresarial, a parceria quer uma expansão mundial de uma experiência que será iniciada no Brasil. Em 2021, a Vivo começou a vender pacote de assinatura mensal do Microsoft 365 – o conjunto de programas de produtividade que inclui editor de textos, planilhas e editor de apresentações. A nova parceira levará o modelo para outras partes do mundo onde a operadora atua.

Outro ponto da parceria entre a Telefónica e a Microsoft prevê a integração do dispositivo Movistar Home, um alto-falante com tela e inteligente que ainda não é vendido no Brasil, com a plataforma de comunicação Teams da Microsoft. Ambas companhias também continuarão investindo em recursos no desenvolvimento de sistemas de segurança de dados e na venda dos notebooks Surface.

Na conferência, Chema Alonso, chief digital officer da Telefónica, também falou sobre a estrutura da empresa para o futuro em relação ao metaverso e conectividade em tempo integral de pessoas e coisas. A operadora investe desde 2017 na Kernel, um centro de inteligência artificial que concentra todos os dados coletados dos usuários e extrai valor desse material.

LEIA TAMBÉM:

–> Comissão Europeia multa Telefónica e Pharol por práticas antitrustes na Europa

–> Telefônica Brasil cria empresa focada em soluções IoT

–> Telefônica (Vivo) segue com ‘reinado’ no pós-pago

De acordo com Chema Alonso, a Kernel tem 600 bilhões de registros que são utilizados pela inteligência artificial da Telefónica para diferentes finalidades. Todo mês, este núcleo recebe 1,5 bilhão de novos registros, possibilitando que a empresa desenvolva novos produtos e melhore os já existentes.

Pensando nesse segmento, a empresa está criando um Hub de Inovação e Talentos para desenvolver novas tecnologias com base nesse recurso, cujo hub vai reunir startups focadas em realidade virtual e metaverso.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x