18/05/2022

Um Telecom implanta usina solar em São Caetano (PE)

Parque solar produzirá energia para abastecer as demandas de energia da companhia, evitando emissão de 25 toneladas de carbono ao ano.

As empresas de telecomunicações estão investindo em soluções para fornecimento de energia alternativas para abastecer a demanda de energia de seus estabelecimentos. Dessa vez, a pernambucana UM Telecom anunciou a instalação de uma usina solar fotovoltaica com capacidade de 1,215 milhões de Megawaltt-hora/ano.

Com um investimento de R$ 5 milhões, o parque solar estará produzindo ainda no primeiro semestre de 2022, atendendo 80% da energia da empresa. Com o empreendimento, a UM Telecom evitará a emissão de 25 toneladas de carbono anualmente, um montante que neutraliza uma demanda de 15 mil árvores.

O diretor adjunto de Controladoria da Um Telecom, Adilson Gadelha, avalia que “A Um Telecom está comprometida com as melhores práticas de ESG e a usina solar é mais um reflexo deste nosso engajamento. Estamos orgulhosos em fornecer as melhores soluções de conectividade por meio de energia limpa“.

Localizada no município de São Caetano (PE), a usina solar ocupa 10 mil metros quadrados, com estrutura para dobrar sua capacidade conforme o desenvolvimento de negócios da empresa, como um novo datacenter, que já é verde desde sua concepção, pois será abastecido pela usina. Além dos benefícios ao meio ambiente, o parque traz outras vantagens, como o abastecimento a preço menos elevados e sem alterações tarifárias bruscas.

“O investimento foi orientado pela sustentabilidade e preocupação com energia limpa e renovável. Mas a autoprodução de energia também proporciona previsibilidade de custos, o que poderá colaborar com o melhor planejamento e otimização de nossas operações”, afirma Adilson Gadelha.

LEIA TAMBÉM:

–> Vivo inaugura 1º usina de geração distribuída de biogás em São Paulo

–> Oi incorpora nova fonte renovável em sua matriz energética

–> Vivo inaugura primeira usina de biogás na região Nordeste

Práticas ESG

A UM Telecom está conectada com as práticas de ESG e com o compromisso da responsabilidade socioambiental. “A tecnologia é uma grande aliada para práticas de ESG na medida em que reduz deslocamentos e oferece as bases para práticas de governança auditáveis e transparentes, por exemplo. Mas é um setor que consome muita energia, e utilizar fontes renováveis é um passo importante para a sustentabilidade do mercado“, analisa Gadelha.

Essa é uma das iniciativas da telecom que adota outras práticas, como banimento de uso de descartáveis nos escritórios, reciclagem e reuso de insumos e a redução máxima de detritos. A UM Telecom também atua em ações sociais.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários