InícioEconomia e NegóciosVivo inaugura 1º usina de geração distribuída de biogás em São Paulo

Vivo inaugura 1º usina de geração distribuída de biogás em São Paulo

Desde 2018 que o consumo de energia da operadora passou a vir de fontes 100% renováveis e se tornou uma empresa neutra em carbono em 2019.

A Vivo inaugurou sua primeira usina de geração distribuída de biogás no estado de São Paulo. Construída em parceria com o Grupo Gera, a usina está em uma área de 1,5 mil metros quadrados e terá capacidade de 20.850 MWh anuais, cuja energia servirá para atender o consumo de mais de mil unidades da operadora, como antenas, lojas, escritórios e equipamentos de transmissão.

Foto: reprodução/Vivo

Desde 2018, quando a empresa tinha apenas 26% de energia renovável vinda de fontes limpas, o consumo de energia da operadora passou a ser originado de fontes 100% renováveis, permitindo que a meta de consumo totalmente limpa da operadora fosse antecipada em 12 anos, que estava prevista para 2030.

Além disso, conseguiu reduzir em 70% suas emissões de CO2 em comparação a 2015, e tornou possível que a empresa contribuísse na neutralização das emissões dos gases que geram o efeito estufa. A Vivo se tornou uma empresa neutra em carbono desde 2019.

Para ampliar a sua geração própria, 21 das 83 usinas, que a empresa pretende instalar em todo o Brasil, já entraram em operação em diferentes regiões do país, sendo que os investimentos incluem fontes solar (61% da energia total prevista no projeto da empresa), hídrica (30%) e biogás (9%).


LEIA TAMBÉM:

–> Claro e Vivo estão com promoção em seus serviços de internet banda larga

–> Vivo assume compromisso de melhorar sua rede no Nordeste e Norte

–> Fundação Telefônica Vivo lança projeto com curso de Ciência de Dados para alunos do ensino médio

Juntas, as usinas da Vivo já abastecem mais de 7.400 unidades consumidoras e produzem mais de 187 mil MWh ao ano, sendo que outras 62 usinas serão implantadas pela Vivo em 2022.

A Vivo pretende que cerca de 90% do seu consumo em baixa tensão seja por meio de usinas de geração distribuída, atendendo mais de 30 mil unidades da operadora espalhadas pelo Brasil. O empreendimento da empresa em São Paulo gerou 49 empregos durante a fase de construção e durante a fase de operação criará mais 20 vagas.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários