Unifique vai às compras após processo de IPO

Provedor acaba de adquirir três empresas regionais da região Sul.

Unifique vai às compras após processo de IPO

A empresa Unifique (FIQE3) anunciou ao mercado a aquisição das empresas Cristiano Holdefer & Cia LTDA, Vilmar da Silva LTDA e Alexandre da Cunha & Cia. As três atuavam em Joinville, no estado de Santa Catarina, sob o nome fantasia “Zappen”.

O negócio inclui a venda de ativos, carteira de clientes e obrigações das antigas empresas. A transação foi acordada em R$ 40 milhões, com este valor sendo sujeito a ajustes em decorrência da transferência de cerca de 16 mil clientes.

A operação inclui um pagamento inicial de 50% do valor acordado, com o restante sendo parcelado em 24 parcelas, sendo corrigidas mensalmente pelo índice da Certidão de Depósito Interbancário (CDI).

O contrato prevê ainda uma cláusula de obrigação de não concorrência, impedindo que as empresas vendedoras voltem a atuar no mercado de banda larga durante cinco anos no estado de Santa Catarina.

VEJA TAMBÉM:

–> Unifique levanta R$ 818 milhões com abertura de capital

–> Unifique lança banda larga de 2 Gbps por R$ 250 mensais

–> Pequenos provedores dominam mercado de banda larga em 3,5 mil cidades

“A Companhia, que já tem presença na cidade de Joinville-SC com cerca de 18 mil clientes, amplia sua atuação local com grande potencial de sinergia decorrente de diluição de custos fixos da operação e do aumento de receitas pelos serviços a serem ofertados à nova base de clientes e potenciais clientes da rede de fibra óptica adquirida”, afirmou a Unifique em comunicado.

Neste mês de agosto, a Unifique já tinha adquirido os provedores Neofibra e a TKNET por um valor não revelado. O negócio expandiu a atuação da empresa em Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A incorporação e fusão de provedores regionais é um dos objetivos da empresa ao abrir o capital na Bolsa de Valores (IPO, na sigla inglês). Durante o período de reserva, a companhia conseguiu levantar R$ 818,1 milhões, elevando o capital social de R$ 48,5 milhões para R$ 866,6 milhões.

No último resultado financeiro apresentado, a Unifique reportou uma receita operacional líquida de R$ 105,5 milhões, alta de 56,2%. Já o lucro líquido foi de R$ 16,9 milhões, alta de 59,2%.

Com informações de Relações com Investidores Unifique.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários