Início5GFlorianópolis pode ganhar nova estrutura para receber internet 5G

Florianópolis pode ganhar nova estrutura para receber internet 5G

Lei para aprimorar infraestrutura de internet 5G em Florianópolis foi aprovada, mas ainda passa por uma nova votação hoje (4); saiba detalhes.

Nesta segunda-feira (04), passará por uma nova votação o projeto de lei que atualiza as normas do município relacionados a chegada da internet de dados móveis 5G em Florianópolis.

Nessa votação, será decidido a partir de que data a infraestrutura do 5G deverá ser instalada e quais vão ser os procedimentos legais.

O projeto aprovado na última quarta-feira (29/09) na Câmara de Vereadores de Florianópolis, foi sugerido pelo vereador Miltinho Barcelos (DEM) e estava em trâmite desde 2019.

Na época tinha sido arquivado pela Câmara, mas este ano a vereadora Manu Vieira (Novo) desarquivou o edital, que foi aprovado em primeiro turno.


Segundo o superintendente de Tecnologia da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF), Marcos Lichtblau, a instalação das infraestruturas para a chegada da tecnologia 5G tem como objetivo manter o desenvolvimento econômico de Florianópolis.

LEIA TAMBÉM:

–> Operação do 5G negligencia interior do país, segundo provedores

–> Edital do 5G é aprovado pela Anatel

–> 5G standalone pode não ficar pronta até julho de 2022, afirma ministro

“A internet 5G será instalada com a finalidade de garantir a continuidade do desenvolvimento econômico da Capital”, afirma.

Para que todos os usuários possam usufruir da tecnologia 5G, será necessário a instalação de infraestrutura na Capital, em especial, de antenas. Os modelos antigos que existem na região funcionam por meio de transferência de sinais em torres metálicas.

Para o 5G, será necessário a instalação de, no mínimo, dez vezes mais antenas que já existem no município, por causa da elevada funcionalidade da internet banda larga 5G. As novas e as antigas antenas deverão ser conectadas por fibra óptica, segundo Marcos Lichtblau.

Com a aprovação do projeto, as antenas da tecnologia 5G caberão dentro do imobiliário urbano e poderá chegar às localidades que não tem conectividade, assim como para o restante do município.

Assim que for aprovada e passar pela regulação no Executivo, as operadoras de telefonia terão passe livre para instalar os equipamentos.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários