TV por assinatura e Pluto TV liberam novo canal

Enquanto a TV paga recebe um ‘substituto’, IPTV da ViacomCBS adiciona nova opção de entretenimento para seus consumidores.

Imagem: Captura de Tela (Pluto TV)
Imagem: Captura de Tela (Pluto TV)

A histórica VH1 Internacional, que fez parte da infância e adolescência de muitos ‘millennials’ deixou o mercado brasileiro. Em substituição ao sinal, muitos assinantes poderão acompanhar a MTV 00s, que chega como uma opção substituta nas TVs por assinatura ainda carregavam o canal anterior em seus pacotes.

Usuários poderão ter uma dose de nostalgia com o canal, que é dedicado a exibição de videoclipes musicais realizados entre os anos de 2000 e 2010. A partida da VH1 em tese já ocorreu, em 2020. Mas, o sinal estrangeiro da emissora ocupou o espaço que ficou vago pela clássica VH1 HD.

Agora, a marca se despediu de vez do Brasil, assim como na Europa. Curiosamente, ambas pertencem à ViacomCBS, também dona dos estúdios de cinema Paramount.

Portanto, supõe-se que a empresa fez uma movimentação estratégica para fazer a MTV prevalecer nos países em que obviamente é mais forte no segmento de TV por assinatura. A gigante companhia de entretenimento é também dona dos serviços Paramount+ e Pluto TV.

VEJA TAMBÉM:

–> Pluto TV e Guigo TV vão ganhar mais canais; conheça

–> Programas como BBB e A Fazenda podem salvar ‘TV linear’

–> TV por assinatura da Claro net ganhará novo decoder 4K

Este último se destaca por unir conteúdo de vídeo sob demanda e IPTV, com canais lineares. Em agosto, o serviço ganhou mais uma opção de entretenimento exclusivamente dedicado para Star Trek, como já havia fazendo em outras ocasiões.

A Pluto TV se destaca por ser um serviço 0800, ou seja, os usuários sequer precisam fazer login para usufruir de todo o conteúdo que oferecido na plataforma. Basta fazer o download e aproveitar o que é oferecido.

Trata-se de um modelo de negócio que foge da briga de ‘cachorro grande’ que se tornou o mercado de streaming e tenta se firmar como um serviço que extrai sua receita inteiramente da publicidade, que pode pagar altas quantias se o “trânsito” de público no app for alto.

Com informações de LineUP TV

About Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
7 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários