Canal da TV por assinatura será descontinuado após 10 anos

Emissora fez a alegria dos fãs de videoclipes musicais nos anos 2000; saiba mais detalhes.

Reprodução YouTube
Identidade visual da VH1. Imagem: Reprodução YouTube

Ao que tudo indica, os assinantes da TV por assinatura só terão até o dia 01 de agosto para aproveitar a programação do VH1 MegaHits, que será descontinuado.

Atualmente, a emissora está presente na grade do serviço oferecido pela Algar Telecom, Cabo Telecom, Claro net, Vivo, Oi, TV Alphaville e TVN.


Conhecido por ter uma programação com quase 24 horas de videoclipes musicais, o canal se tornou muito popular entre os fãs de música nos últimos 10 anos.

O VH1 MegaHits entrou no ar em fevereiro de 2010 para substituir o MTV Hits, já que o Grupo Abril deteve os direitos da marca MTV na época.

Portanto, a emissora, de propriedade da Viacom CBS, precisou assumir uma nova identidade no país, que perdurou pelos últimos anos.

A programação sempre veio do acervo da MTV Latinoamérica.

VIU ISSO?

–> Canais da TV por assinatura podem ser vendidos via streaming

–> Brasileiros já trocaram a TV por assinatura pelo streaming

–> TV por assinatura viveu sua maior derrocada em 2019

Operadoras como Oi TV, Vivo TV e TVN já anunciaram a substituição pelo canal MTV Live, que terá uma programação semelhante.

Ainda não há detalhes a respeito dos motivos que levaram a Viacom CBS descontinuar o VH1 MegaHits, mas já é possível imaginar que o canal perdeu parte da sua força com a popularização das plataformas de vídeos na internet.

Na conta, entram também os aplicativos de streaming para música e a evasão contínua de assinantes da TV por assinatura.

Vale lembrar também que, com a chegada do Comedy Central, o VH1 MegaHits foi preterido por algumas operadoras, como a SKY, que fez a substituição de um pelo outro.

O futuro do segmento daqui em diante, principalmente por parte das programadoras, deve ser uma total otimização das operações.

Com informações de LineUP TV

SKY Pré-Pago a partir de R$ 14,90! Ligue agora 0800 123 2040 e não perca essa chance de ter TV por assinatura em casa.

COMPARTILHAR EM:

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
Mateus Da Silva

Infelizmente este tipo de canal está acabando por conta das facilidades da internet!, Parabéns pela matéria!

Cidade - UF
Marechal Cândido Rondon - Paraná
̶B̶r̶u̶n̶o̶ A̷i̷n̷s̷w̷o̷r̷t̷h̷

A Viacom CBS é muito ruim de negócio, A Abril perdeu a licença do uso da marca na TV aberta e a Viacom foi pra TV Fechada, onde o BIS e a Multishow gostem ou não, já se consolidaram, e ainda fez pouco caso com o imenso acervo da antiga MTV, eles tinham uma ótima emissora nos estados unidos, destruirão ela com os realitys bestas e etc., essa MTV Live era MHD, que antes era Palladia e quando era MHD e Palladia tinham uma programação muito melhor e com uma qualidade de imagem superior a entregue hoje na MTV Live…muito… Leia mais »

Cidade - UF
São Paulo
TV Paga da depressão

Não é por nada, mas a imagem que puseram pra ilustrar a VH1 Megahits é uma série de erros:

1- quem usava esta era a finada VH1 Brasil
2- essa imagem sequer era da transmissão da VH1 Brasil, já que na fase HD o visual era o novo (só com as letras “VH+1”): que aliás o padrão que identificava as músicas foi herdado pelo Paramount Network no ‘Bloco Musical’

Corrijam aí ‘Minha Operadora’. Se quiserem, baixem [SUPRIMIDO] a imagem (não é vírus)

Cidade - UF
São Paulo-SP
Laiana Michelle

Aí só descubro que não vai ter mais o canal da VH1 Mega Hits só quando o MTV Live HD apareceu do nada na minha TV a cabo há 4 dias… O ÚNICO CANAL DE CLIPES 24 HRS QUE PRESTAVA!!!! COMO QUE VOU DESCOBRIR CLIPES DE MÚSICAS LEGAIS AGORA???

Cidade - UF
Mossoró - RN
Oto Gomes

Exatamente, tava vendo o canal ontem quando saiu do ar.

Cidade - UF
Parnamirim