InícioTV por AssinaturaGlobo registra 'decoder' na Anatel e pode lançar Streaming Box

Globo registra ‘decoder’ na Anatel e pode lançar Streaming Box

Equipamento carrega o nome ‘Globo.com’ e há também menções para ‘Globo TV’ no material; entenda o que isso pode significar.

Decoder Globo.com

É no mínimo curioso que a Globo possa estar com o planejamento de ter sua própria Streaming Box. Ao menos é a informação que faz sentido até aqui, com base no vazamento divulgado nesta segunda-feira, 19 de julho. O que sabemos até então é que um decoder intitulado “Globo.com” foi registrado na Anatel. É aqui que nasce a dúvida: não é um produto destinado a ofertar serviços de TV por assinatura?

No manual submetido para a Anatel, fica registrado que o equipamento não é para prestação do Serviço de Acesso Condicionado, ou seja, TV paga. Portanto, já matamos a primeira hipótese.


Ao menos a certeza de que a empresa não tem intenção de ofertar TV por assinatura de modo convencional já existe. Mas, se o objetivo for adentrar no mercado de IPTV e ‘caixas de streaming’, por qual motivo registrar um decodificador?

A resposta é simples. Pois se tratando de um grupo que oferta produto de streaming (Globoplay), canais fechados e abertos, é provável que a empresa queira oferecer todos os seus serviços em um único combo. Um concorrente para o Claro Box TV, por exemplo.

VEJA TAMBÉM:

–> DirecTV Go terá mais afiliadas da TV Globo no catálogo

–> TV por assinatura da Claro net ganhará novo decoder 4K

–> SKY pode estar pretendendo entrar no mercado de IPTV

Por sinal, o documento enviado para a Anatel também menciona o nome “Globo TV” em algumas páginas. Será um indicativo do produto que está de chegada marcada ao mercado brasileiro de conteúdo e eletrônicos?

Confira imagens divulgadas:

O equipamento é um Kaon KSTB4184, com saídas RCA composto e HDMI. Há ainda 512 MB de RAM e Flash. Vale destacar que a assessoria de imprensa da empresa foi convidada a enviar um posicionamento a respeito do possível ‘vazamento’ destacado na publicação. Uma atualização será publicada, caso a empresa queira comentar.

O site responsável pela divulgação é o mesmo que publicou a respeito do registro do novo decoder da Claro, com suporte a transmissão em 4K.

[ATUALIZAÇÃO – 21/07/2021 18h23]:

Em contato com o Minha Operadora, a assessoria de imprensa da Globo enviou o seguinte comunicado:

A informação não procede. O desenvolvimento de equipamentos receptores é feito por empresas especializadas, que também são responsáveis pelo registro e homologação dos mesmos junto à Anatel. Neste caso, o fabricante utilizou a globo.com apenas como exemplo no guia de instalação de seu equipamento em documentação entregue ao órgão competente. A Globo não é responsável por nenhuma etapa deste processo. O referido decoder não será fabricado nem comercializado pela Globo.

[ATUALIZAÇÃO – 02/08/2021 13h11]:

A KAON, fabricante do produto KSTB4184, também enviou o seguinte esclarecimento:

“As conclusões e informações veiculadas no artigo não correspondem à realidade. Inexiste qualquer relação comercial entre a KAON e a GLOBO. O equipamento em questão (KSTB4184) foi desenvolvido e submetido à ANATEL para homologação pela KAON de forma absolutamente independente e sem nenhum tipo de participação da GLOBO.”

Com informações de InsiraFicha

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários