Parceria entre Globo e Google pode acabar com travamentos no Globoplay

Usuários têm reclamado de problemas no uso do serviço de streaming, principalmente durante a exibição do BBB21.

Parceria entre Globo e Google pode acabar com travamentos no Globoplay

Nesta quarta-feira, 7 de abril, o Grupo Globo e a Google anunciaram uma parceria estratégica que pode colocar fim aos recentes casos de travamento, falhas e instabilidades no aplicativo do Globoplay.

Desde a estreia da edição atual do Big Brother Brasil (BBB21), usuários têm reclamado de problemas não apenas na exibição do reality show, mas também em outros conteúdos sob demanda e ao vivo do aplicativo streaming.

Somente em fevereiro, o Globoplay atingiu a marca de 200 milhões de horas consumidas, sendo um terço registrado em conteúdos relacionados ao BBB21.

A cooperação entre Globo e Google ocorrerá em, pelo menos, três frentes, sendo elas: a otimização de processos de produção e distribuição de conteúdos; a digitalização da infraestrutura dos produtos digitais; além de criar uma aplicação do Globoplay para a Android TV, um sistema utilizado em algumas Smart TVs.

VIU ISSO?

–> Globoplay terá estreia de 16 novos títulos no mês de abril de 2021

–> Globo e Netflix desmentem suposta ‘união’ no mercado

–> Globoplay cai durante revelação de ‘paredão falso’ do BBB21

Inicialmente, 100% do data center da emissora será transportado para a nuvem do Google, a Google Cloud, incluindo a operação do Globoplay, permitindo assim maior poder computacional.

A Globo também pretende digitalizar e armazenar na nuvem o acervo de novelas, transmissões esportivas e programas jornalísticos.

“Essa parceria nos dá um acesso privilegiado a um conjunto de competências do Google Cloud. A maneira certa de operar nesse ambiente digital é estar junto a um parceiro relevante, capaz de nos apoiar nessa jornada de crescimento”, afirma Raymundo Barros, diretor de estratégia e tecnologia da Globo.

Segundo a Google, a parceria entre as duas empresas também envolve encontrar maneiras de monetizar os serviços do conglomerado de mídia, enquanto a Globo passa pelo processo de transformação digital.

“Não é apenas um acordo de fornecimento de tecnologia, mas sim uma cooperação de inovação. Vamos trabalhar juntos, durante sete anos, para gerar novos projetos e levar novas soluções ao mercado”, explica Eduardo Lopez, presidente do Google Cloud na América Latina.

Com informações de Forbes.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
5 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários