InícioDefesa do ConsumidorOperadoras passam a compartilhar dados de clientes com o ‘Cadastro Positivo’

Operadoras passam a compartilhar dados de clientes com o ‘Cadastro Positivo’

Bons pagadores terão crédito com taxas de juros e prazos melhores do que os atualmente praticados.

Operadoras passam a compartilhar dados de usuários com o ‘Cadastro Positivo’

A partir deste mês, as operadoras de telecom passam a disponibilizar informações financeiras de clientes para o “Cadastro Positivo”, que tem a gestão de instituições de crédito como Boa Vista, Quod, Serasa e SPC.

Anunciado em julho do ano passado, a ideia é que as empresas disponibilizem o histórico de pagamentos de contas de telefonia e internet dos consumidores, contribuindo para a análise de crédito para usuários, principalmente para aqueles que não possuem contas bancárias.


Após as instituições financeiras, as operadoras de telecomunicações são as primeiras a compartilhar informações dos pagamentos de seus clientes.

“A capilaridade do setor de telecom, presente em todas as camadas da sociedade, nos permite contribuir com essa iniciativa para facilitar a vida dos brasileiros, especialmente daqueles que têm histórico de bom pagador”, afirmou na época Marcos Ferrari, presidente executivo da Conexis Brasil Digital.

VIU ISSO?

–> TIM fecha parceria para facilitar análise de crédito

–> Oi lança carteira digital que é movimentada pelo WhatsApp

–> Usuários já podem usar o Pix pelo WhatsApp

Para o cliente, o benefício é a possibilidade de obter crédito mais barato e de forma mais rápida, com taxas de juros e prazos melhores do que os atualmente praticados.

Ao pagar em dia as faturas das operadoras, o cliente terá um incremento positivo no score do Cadastro Positivo, facilitando o crédito.

Por outro lado, atrasar o pagamento de contas de telefonia e internet pode afetar negativamente o score, dificultando a liberação de empréstimos.

“[O envio dessas informações dará] ainda mais elementos para desenvolver e entregar ao mercado, em especial às concedentes de crédito, informações mais completas sobre o comportamento de pagamento dos consumidores”, explica Dirceu Gardel, CEO da Boa Vista.

Recentemente, a Boa Vista inaugurou um Centro de Excelência em Analytics (CEA), que utiliza três gerações de modelos de scores baseados em algoritmos, para agilizar as análises e operações de crédito.

Com informações de Valor Investe.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários