InícioTecnologiaApós 9 meses, Banco Central autoriza transações financeiras pelo WhatsApp

Após 9 meses, Banco Central autoriza transações financeiras pelo WhatsApp

Lançado em junho do ano passado, ‘WhatsApp Pay’ permite a transferência de dinheiro entre usuários por meio do aplicativo de mensagens.

Após 9 meses, Banco Central autoriza transações financeiras pelo WhatsApp

Nesta terça-feira, 30 de março, o Banco Central do Brasil (BC) autorizou o Facebook a disponibilizar no país o “WhatsApp Pay”, um recurso que possibilita que usuários do famoso aplicativo de mensagens possam fazer transferências de recursos financeiros entre si.

A novidade foi anunciada em 15 de junho de 2020, entretanto, o BC suspendeu o novo recurso poucos dias depois.


Na época, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) também chegou a barrar o sistema de pagamentos do WhatsApp, mas o liberou cerca de duas semanas depois, indicando que a operação não gerava ato de concentração com potenciais riscos à concorrência.

Já o Banco Central, que havia prometido “concluir essa análise o mais rápido possível”, demorou 9 meses para emitir o aval para o WhatsApp Pay.

VIU ISSO?

–> Banco Central autoriza Visa a iniciar testes com WhatsApp Pay

–> Banco Central anuncia lançamento do PIX

–> TIM é líder em pagamentos de faturas pelo PIX, diz Labriola

Por enquanto, de acordo com a autorização, as transações financeiras só podem ser mediadas pelas empresas Visa e Mastercard.

Vale ressaltar que o WhatsApp Pay ainda não está disponível para os brasileiros e também não há uma nova data para o relançamento do recurso no país.

“Recebemos com muita satisfação a decisão de hoje do Banco Central sobre a aprovação do nosso pedido de licença como iniciador de pagamentos, e estamos empenhados nos preparativos finais para disponibilizar esta funcionalidade do WhatsApp no Brasil assim que possível. Agora, mais do que nunca, pagamentos digitais seguros e convenientes oferecem uma solução vital para transferir dinheiro rapidamente para pessoas que necessitam e auxiliar empresas em sua recuperação econômica. Compartilharemos mais informações assim que a função de pagamentos estiver disponível no WhatsApp”, afirmou o Facebook ao InfoMoney.

“O BC acredita que as autorizações concedidas poderão abrir novas perspectivas de redução de custos para os usuários de serviços de pagamentos”, afirmou o Banco Central em nota.

A liberação do WhatsApp Pay acontece em um momento em que as transações instantâneas por meio de aplicativos têm se tornado cada vez mais populares.

Somente em fevereiro passado, 275,3 milhões de transações foram feitas pelo sistema PIX, por exemplo, movimentando R$ 197,7 bilhões.

Com informações de Assessoria de Imprensa Banco Central e InfoMoney.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários