Vivo, TIM e Claro ganham exclusividade em negociações com a Oi

Em conjunto, operadoras ofereceram 16,5 bilhões de reais pelos ativos móveis da companhia em recuperação judicial.

De acordo com a Exame, a Oi (OIBR3 / OIBR4) concedeu à Vivo (VIVT3 / VIVT4), TIM (TIMP3) e Claro o status preferencial nas negociações para a venda de seus ativos móveis.

Ou seja, as três principais operadoras do país receberam o direito exclusivo de poder igualar qualquer outra oferta que a empresa em recuperação judicial venha a receber por seus ativos.


A informação foi vazada no início da noite desta sexta-feira, 7, por duas fontes familiarizadas com o assunto. Por volta das 21h, a Vivo, Claro e TIM emitiram comunicado ao mercado informando a celebração do acordo exclusividade para negociar os ativos da Oi, até a data de 11 de agosto.

Na semana passada, as três companhias fizeram uma oferta conjunta de 16,5 bilhões de reais pela Oi Móvel.

Até a última segunda-feira, 3, a Highline, controlada pelo fundo americano Digital Colony, tinha a exclusividade nas negociações, porém a perdeu por não realizar uma nova proposta que superasse o apresentado pela Vivo, TIM e Claro. Ela segue nas negociações, mas sem o caráter preferencial.

Segundo o jornal O Globo, representantes das três operadoras devem procurar o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) nos próximos dias para apresentar a proposta e antecipar eventuais problemas no negócio.

O Cade já deu sinais de preocupação sobre um possível efeito de concentração na compra da Oi móvel pela Vivo, TIM e Claro.

VIU ISSO?

–> Enel entra na disputa pelos ativos da Oi

–> Grupo Oi vai considerar a melhor oferta pela Oi Móvel

–> Itaú e Banco do Brasil acusam Oi de manipular assembleia

Nesta sexta-feira, 7, as ações ordinárias da Oi não apresentaram variação, fechando o dia valendo R$ 1,56. Já os papéis preferências apresentaram valorização de 1,24%, sendo cotados a R$ 2,45.

As ações da Vivo fecharam em queda com as ordinárias variando -1,21% (R$ 50,70) e preferências -1,46% (R$ 50,61).

No caso da TIM, os papéis valorizaram 1,45%, sendo negociados a R$ 15,42.

A Claro não possui ações negociadas na Bolsa de Valores brasileira. Na Bolsa de Nova York, as ações da America Movil (AMX), controladora da Claro no Brasil, tiveram queda de 0,24%, sendo cotadas a US$ 12,70 (R$ 69,05).

Apesar de toda essa movimentação, é válido lembrar que o plano de fatiamento e venda de ativos da Oi ainda depende de autorização de credores da companhia. Uma assembleia deve ser realizada no início de setembro para resolver o novo plano de reestruturação da operadora.

[ATUALIZAÇÃO – 07/08/2020 21h26]:

Por volta das 21h desta sexta-feira, 7, a Vivo, Claro e TIM emitiram comunicados ao mercado informando da celebração do acordo de exclusividade para negociar a compra dos ativos da Oi, até a data de 11 de agosto. O texto foi atualizado.

Com informações de Exame e O Globo.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
0 0 voto
Nota para o redator
Acompanhar esta matéria
Notificação de
9 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários