Ataques às operadoras crescem por causa da ‘teoria do 5G’

Conspiracionistas atribuem a conectividade de quinta geração como a grande disseminadora da COVID-19.

Imagem divulgada pelo Express UK. Créditos: Getty Images
Imagem divulgada pelo Express UK. Créditos: Getty Images

Apesar de todas as medidas de combate contra as falsas informações que atribuem o 5G a pandemia do novo coronavírus, os ataques às operadoras no Reino Unido cresceram.

Os engenheiros da OpenReach, por exemplo, empresa de telecomunicações, sofrem agressões verbais e físicas pelos manifestantes. Um dos profissionais chegou a ter o veículo severamente destruído enquanto desempenhava seu trabalho.

A empresa, obviamente, instrui que todos os seus profissionais tomem cuidados com a onda de protestos, motivados pela disseminação da falsa teoria.

Em um dos cartazes contra o 5G, foram encontradas lâminas de barbear, o que pode ser um indício de que planejam ainda mais ataques contra os profissionais.

Os colaboradores da empresa desempenham um trabalho crítico em meio a pandemia, já que são responsáveis pela manutenção e instalação das redes de fibra óptica para manter o país com conectividade.

Nas últimas semanas, o Minha Operadora noticiou, inclusive, que os manifestantes queimaram a infraestrutura de diversas prestadoras.

VIU ISSO?

–> Teoria afirma que Coronavírus foi gerado pelo 5G

–> Consumidor está disposto a pagar mais pelo 5G, diz Ericsson

–> EUA estão dispostos a financiar 5G no Brasil

Abaixo, é possível conferir algumas imagens e mensagens:

Pelo Twitter, ainda é possível conferir mensagens de manifestantes que incentivam a queima das torres 5G, por acreditarem na falsa informação.

Vale lembrar que empresas como YouTube, Facebook e o próprio Twitter anunciaram medidas de combate, ou seja, publicações com esse teor são excluídas assim que passam pelos algoritmos.

Com informações de Express UK

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários