Anatel suspende acompanhamento especial da Oi

Agência chegou à conclusão de que a operadora não apresenta riscos no curto prazo.

A Oi, por meio de comunicado ao mercado, informou na noite desta segunda-feira, 10, que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) suspendeu o acompanhamento especial das operações da operadora.

Este acompanhamento foi decido por meio de acórdão, em maio de 2019, diante do agravamento da crise financeira da Oi. Com isso, a Anatel deveria ser notificada previamente sobre reuniões dos conselhos e aprovar operações, como alienação de ativos, novas formas de financiamento ou reorganização do quadro de sócios.


A companhia ainda precisava detalhar suas ações do plano de recuperação judicial, que se arrasta desde 2016, apresentando justificativas entre o que era realizado e o previsto.

A decisão da suspensão foi proferida pelo conselho diretor da Anatel, na última quinta-feira, 6, diante das boas notícias recentes da Oi, como o repasse das ações da Unitel e a venda de títulos, que somados geram R$ 6,5 bilhões para o caixa da operadora.

VIU ISSO?

–> Oi contrata nova empresa de assessoria financeira

–> Fibra da Oi teve salto gigantesco em 2019

–> Oi garante mais R$ 120 milhões para o caixa

A agência chegou à conclusão que foi sanada o risco de liquidez de curto prazo da operadora e suas controladoras.

Agora, a Anatel mantém o regime tradicional de acompanhamento da Oi, com o mesmo tratamento que ocorre com as outras empresas de telefonia.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.

Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de