WhatsApp registra queda em chamadas de voz no Brasil

Apenas 56% dos usuários do WhatsApp estão utilizando função de chamadas no aplicativo depois da estratégia de ligações ilimitadas das operadoras.

Há quem diga que as ofertas de ligações ilimitadas para qualquer operadora – presentes em estratégias da TIM, Claro, Oi, Nextel e, desde ontem (04), Algar Telecom –, tiveram início depois que aplicativos como o WhatsApp começaram a liberar a função de chamadas. Mas, de acordo com a última pesquisa “Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre mensageria no Brasil”, o aplicativo de mensagens agora registra queda em chamadas de voz.

Segundo a pesquisa, que ouviu quase 2 mil internautas com celular em julho, 95% dos usuários têm WhatsApp instalado e 97% deles o utilizam todos os dias. Quanto ao recurso de usuários ativos que utilizam a chamada de voz no aplicativo, o número caiu de 65% para 56%, em comparação à última edição da pesquisa, realizada em janeiro.
Talvez sejam justamente esses novos lançamentos das operadoras que tenham influenciado no resultado de queda de chamadas no WhatsApp. Afinal, se o usuário pode fazer ligações ilimitadas para qualquer operadora e sem descontar do plano ou dos créditos, até mesmo no caso do pré-pago, por que utilizar a função do aplicativo, que, dependendo da conexão, pode apresentar diversas falhas?
Além disso, vale destacar que tanto a Vivo quanto a TIM passaram a anunciar o uso de voz sobre a rede 4G, que garante chamadas com muito mais qualidade. O VoLTE, no entanto, ainda aparece de forma mais discreta, em algumas poucas cidades e aparelhos, mas pode ganhar popularidade e competitividade dentro de alguns meses, assim como foi com as ligações ilimitadas.
Saiba mais sobre todas as ofertas de chamadas ilimitadas para qualquer operadora no Brasil:
LEIA TAMBÉM:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários