segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

TIM fica de fora do ‘novo SMS’ com Google, mas afirma que terá RCS

O que você achou? 
Enquanto Claro, Vivo e Oi já fecharam parceria, TIM ainda busca um fornecedor para trabalhar a tecnologia.

Na última semana, o Google anunciou uma parceria com as operadoras Claro, Vivo e Oi. A grande novidade é a chegada do RCS (Rich Communications Services) no Brasil, padrão de mensagens do celular que deve ser lançado ainda este ano para substituir o SMS e competir com o WhatsApp.

Para a surpresa de muitos, a TIM ficou de fora desse contrato com o Google, mas parece que a decisão não afetará a operadora. De acordo com o Mobile Time, a TIM também irá migrar o serviço de mensagens móveis para o RCS, apenas não escolheu quem será o fornecedor de sua plataforma.


Ao que tudo indica, a operadora está em negociação com outras empresas porque o lançamento do RCS depende de questões técnicas que poderiam influenciar outros serviços, como o VoLTE, que seriam as chamadas de voz pelo 4G. A solução do Google é operadora pela nuvem Jibe RCS.

O RCS aparecerá no mercado em breve como uma evolução do SMS que estamos acostumados e que raramente nos atrai. Ele trará, além da mensagem de texto, recursos como bate-papo em grupo, leitura de recibos, compartilhamento de fotos e vídeos em alta resolução e outros que devem ser lançados com atualizações, assim como acontece com os aplicativos populares de mensagem do Facebook.

Segundo a assessoria de imprensa do Google, por enquanto apenas América Móvil, Telefônica, Oi e a AT&T no México quiseram trabalhar a solução da empresa na América Latina. “Mas adoraríamos que todas as operadoras da região se juntassem à indústria em apoio ao RCS”. Além do Google, a Samsung e a Mavenir também trabalham no mercado de RCS aqui no Brasil.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário