sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Apenas 45% das escolas públicas têm banda larga de até 4 Mega

O que você achou? 
Falta de acesso WiFi e laboratórios de informática abandonados é a realidade da maioria das escolas públicas no Brasil.


Um estudo sobre novas tecnologias nas escolas brasileiras, realizado pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação, do NIC.br, afirma que apenas 45% das escolas públicas do país tem banda larga com conexão de, no máximo, 4 Mega. Em outros 33% das instituições, a velocidade não passa de 2 Mega. A pesquisa foi divulgada nesta quinta-feira, 3.

O estudo também indica que até o fim de 2016, 81% das escolas públicas tinham um laboratório de informática, mas que em apenas 59% das instituições o aparelho está em uso. Com a grande quantidade de equipamentos sem uso, a alternativa dos alunos é recorrer aos celulares. Segundo a pesquisa, 52% dos alunos de 5° a 9° ano do Ensino Fundamental e 74% dos alunos do Ensino Médio que estudam em áreas urbanas, utilizam o celular em atividades estudantis.

O gerente do Cetic.br, Alexandre Barbosa, afirmou que apesar de o Brasil ser um dos primeiros países da América Latina a ter uma política no setor de TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) para educação, a adoção das medidas ainda é muito limitada, seja pela fraca infraestrutura ou pela capacitação dos educadores.

Ainda de acordo com os dados da pesquisa, 49% dos professores utilizam o celular em atividades com os alunos. Porém, apenas 31% dos estudantes afirmam utilizar a internet pelo celular na escola.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário