Plano Nacional de Banda Larga será expandido graças a novo satélite

Satélite SGDC está em fase de testes e será usado para a implementação do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

O Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) está em fase de transferência de comando para a Telebras. O handover, como é chamado esse processo, terminará no dia 30 de junho, quando a empresa brasileira assume o comando total do equipamento.




Os testes do SGDC são feitos pela Thales Alenia Space, empresa francesa que construiu o satélite. Todos os procedimentos vem sendo acompanhados pelo Centro de Operações Espaciais da Telebras.
O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, afirmou que o SGDC viabilizará avanços na área de inclusão digital, diminuindo a desigualdade, gerando oportunidades e aperfeiçoando serviços de saúde e educação.
O satélite passa agora pelos procedimentos finais para entrar em operação definitiva, e até o momento o resultado é satisfatório. No fim desse período, a Telebras deve ativar clientes na rede satélite. Uma parceria entre a estatal e os ministérios da Saúde e Educação permitirá que ao menos 7 mil equipamentos públicos de todas as esferas do governo se conectem à rede mundial de computadores, ampliando assim o PNBL.
O SGDC trará inclusão e cidadania, acirrando a competitividade nas empresas e interligando o país através do mundo digital. O satélite será usado para implementar o PNBL principalmente em áreas remotas e para serviços de comunicação estratégica do governo federal.
LEIA TAMBÉM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.

Deixe um comentário

avatar
  Cadastre-se  
Notificação de