Satélite brasileiro fará custo de banda larga ser 10 vezes menor

Durante apresentação comercial com participação das operadoras, Telebras destaca os benefícios do SGDC para possíveis compradores da capacidade do satélite.


Nesta quinta-feira (27), a Telebras realizou a primeira apresentação comercial (road show) com o intuito de leiloar a capacidade do Satélite Geoestacionário Brasileiro (SGDC), o primeiro exclusivamente brasileiro e criado para expandir a banda larga no país. O evento aconteceu em São Paulo e reuniu vários executivos do setor, incluindo representantes da TIM, Claro, Vivo e Oi.

De acordo com o presidente interino da Telebras, Jarbas Valente, estudos realizados antes da escrita do edital já mostraram que o custo da oferta de banda larga por satélite será 10 vezes mais baixo do que o praticado no mercado nacional atualmente. Para ele, consumidores de áreas rurais, por exemplo, poderão ter maior acesso à internet através dessa novidade.
Agora resta esperar os resultados do leilão, que ainda deve ser atraído por outros representantes, inclusive em nível internacional. A Telebras ainda irá para Londres para apresentar o SGDC aos investidores locais, além de Nova York, onde acontecerá o encontro com potenciais participantes do leilão, no dia 4 de agosto.
LEIA TAMBÉM:


Deixe um comentário

Por favor, faça login para comentar
  Acompanhar esta matéria  
Notificação de