03/07/2022

TV por assinatura segue em queda e perde mais clientes em abril

Segmento registrou 15,5 milhões de acessos no mês, sendo que 13,2 milhões são acessos padrão e 2,3 milhões são acessos Livre via satélite.

De acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o segmento de TV por assinatura continuou em queda no mês de abril. Conforme os dados, houve uma queda mensal de 0,9%, onde saiu de 15,6 milhões de acessos em março para 15,5 milhões em abril.

Do total, 13,2 milhões são acessos TV por assinatura padrão, enquanto que 2,3 milhões são acessos Livre via satélite. No geral, o setor perdeu exatamente 144.391 clientes entre março e abril.

Em relação às principais operadoras de TV por assinatura que oferecem o serviço no mercado brasileiro, assim como no mês anterior à apuração da Anatel, a Claro mantém a liderança com 6,65 milhões de acessos, seguida da SKY/AT&T com 4,35 milhões. A Oi contabilizou 3,04 milhões ativos e Vivo com 1,05 milhões de clientes.

A participação de mercado continua sendo liderada pela Claro, que tem market share de 42,9%, mantendo a mesma porcentagem do mês de Março, assim como a Vivo que continuou na quarta posição tendo 6,8% de participação. O segundo e terceiro lugar continua sendo ocupado pela SKY e Oi, respectivamente, mas a SKY passou a ter 28,1% de mercado (ante 28% de março), enquanto que a Oi perdeu mercado, saindo de 19,8% para 19,6% em abril.

Vale ressaltar que a Oi vendeu sua base de assinantes da Oi TV para a SKY, sendo que em breve a Oi não fará mais parte desse mercado, possibilitando que a SKY ameace o posto de liderança da Claro.

A presença da fibra óptica no segmento de TV por assinatura ainda é bem tímida, tendo participação apenas 8,5% no mercado, sendo que a satélite domina o mercado com 57,9%, seguida da Cabo coaxial com 33,6%.

Assim como houve queda em todo o serviço, não seria novidade acontecer o mesmo nas regiões do Brasil. O destaque vai para o Centro Oeste que teve queda de 1,5%, saindo de 843 mil acessos em março para 830 em abril. Em seguida vem o Sul, com redução de acessos em 1,1%, saindo de 2,34 milhões para 2,31.

O Sudeste registrou 8,70 milhões de acessos em abril, ante 8,78 milhões em março, uma queda de 0,9%. Em seguida vem o Nordeste que teve redução de acesso em 0,8%, saindo de 3,05 para 3,02 milhões. O norte teve a menor queda, com 0,5%, tendo registrado 635 mil acessos em abril, contra 639 mil no mês anterior.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
2
0
O que você acha? Comente!x